Pedro Henrique vai mal e faz Corinthians sentir falta de veterano contestado

    Henrique enfrentou muitos problemas no início da temporada. Criticado por sua lentidão, contestado junto com Manoel pela formação da dupla de zaga e visto muitas vezes como ‘azarado’ pelos gols contra, o veterano contou com a confiança de Fábio Carille e muita concentração no trabalho para dar a volta por cima.

    Uma pancada na coxa durante a grande final do Campeonato Paulista não o deixou nem mesmo terminar o clássico com o São Paulo. Pedro Henrique, por atuar pelo lado esquerdo da defesa, o substituiu imediatamente e nos dois jogos seguintes.

    A atuação do jovem revelado pelas categorias de base do Timão desde então, porém, fez com que muitos torcedores deixassem as críticas de lado para torcer pelo retorno de Henrique.

    O revés para o Bahia na estreia do Campeonato Brasileiro não caiu bem principalmente para Pedro Henrique. Em Salvador, o beque foi mal em dois dos três gols do tricolor.

    Na temporada 2019, o Corinthians contou com Henrique em 21 jogos. Foram oito vitórias, sete empates e cinco derrotas com o atleta de 32 anos em campo.

    Já Pedro Henrique participou de sete partidas. Apenas quando precisou entrar às pressas na final do Paulistão o zagueiro de 23 anos não atuou pelos 90 minutos. Com PH no gramado, os corintianos conseguiram quatro vitórias, perderam duas vezes e arrancaram um empate.

    Contra a Chapecoense, nesta quarta, a tendência é que o titular retome seu posto para o segundo jogo do Corinthians no Brasileirão.

    Em breve, a intenção da comissão técnica é dar oportunidade a Bruno Méndez, zagueiro uruguaio de 19 anos contratado por se destacar no Montevidéu Wanderes e também pelas convocações para a seleção principal e Sub-20 de seu país.

    Veja Também

    Destaque