Júnior Urso está cada vez mais perto de voltar a ficar à disposição de Fábio Carille. A tendência é que o volante seja relacionado para o confronto deste sábado, contra o Grêmio, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

    O companheiro de Ralf no meio de campo do Timão teve uma lesão no músculo adutor da coxa direita durante a primeira final do Campeonato Paulista, contra o São Paulo, no Morumbi. Desde então, foram seis jogos em que Urso teve de ficar apenas na torcida por seus companheiros.

    Junior Urso só não jogou contra o Racing porque não estava inscrito na Copa Sul-Americana (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

    O treinador corintiano deve promover o retorno de seu titular ao time aos poucos. Com os gaúchos, às 19h, na Arena, Ramiro ainda deve iniciar entre os 11, o que faria com que Urso esquentasse o banco de reservas pela primeira vez desde que chegou ao clube do Parque São Jorge.

    A estreia de Urso com a camisa do Corinthians aconteceu já como titular, no clássico contra o São Paulo, pela primeira fase do Estadual. Rapidamente, o jogador de 30 anos conquistou a confiança de todos e não saiu mais da equipe.

    Foram 13 jogos, três gols, 1124 minutos, o que dá uma média de 86,4 minutos por atuação. O duelo de volta contra o Racing registrou a única ausência de Urso nesse período, mas explica-se pelo fato de que o reforço alvinegro estava impossibilidade de jogar por não ter sido inscrito na Copa Sul-Americana a tempo. Ele fica à disposição a partir da segunda fase.

    Assim como Urso, Henrique também deve voltar ao Corinthians no embate contra o Grêmio. As maiores dúvidas estão em cima de Danilo Avelar e Gustagol. A possibilidade do centroavante é a menor entre os que estavam entregues ao departamento médico nas últimas semanas.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians