‘Virando a chave’, Corinthians treina com Pedrinho sendo principal dúvida

    Depois de folgarem no último domingo, os comandados de Fábio Carille voltaram aos treinos no CT Joaquim Grava nesta segunda-feira. Após o empate por 0 a 0 contra o Grêmio, o Corinthians ‘vira a chave’ e, com uma maratona de jogos pela frente, passa a pensar no duelo pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, às 21h30 (horário de Brasília) da quarta-feira, em Itaquera.

    Nas atividades do dia, Carille não contou com Danilo Avelar, Mateus Vital e Pedrinho em campo. A principal dúvida fica por conta do último, que com uma contratura muscular nas costas, é presença incerta no duelo de mata-mata pela Copa do Brasil. O lateral esquerdo e o meia realizaram trabalhos integrais na academia.

    Pedrinho sentiu contratura nas costas durante aquecimento para a partida contra o Grêmio (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

    O técnico corintiano dividiu titulares e reservas em dois campos, longe dos olhos da imprensa. Enquanto os atletas que foram a campo diante do Grêmio tiveram um treino mais leve, os suplentes realizaram atividades de ‘três contra dois’ e, logo após, disputaram um coletivo.

    Durante as atividades, o meia Régis sentiu dores na perna esquerda e recebeu atendimento médico no próprio gramado do CT Joaquim Grava, deixando o treino mais cedo. O atleta, no entanto, não preocupa.

    Veja também:

    Carille espera sorteio da Sul-Americana para definir semana do Corinthians

    Porte físico deve atrasar volta de Júnior Urso aos titulares do Corinthians

    Longe dos companheiros de equipe, o centroavante Gustagol fez um trabalho à parte, treinando finalizações. O camisa 19 ainda realiza a transição física de um edema na coxa e está descartado para o embate contra o Flamengo.

    Um provável Corinthians para o duelo diante dos cariocas, em Itaquera, tem Cássio no gol; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar (Carlos Augusto); Ralf, Ramiro (Júnior Urso), Clayson, Sornoza e Vital; Vágner Love. O argentino Mauro Boselli, que não foi bem na partida do último sábado, deve começar do banco de reservas.

    *Especial para a Gazeta Esportiva

    Veja Também