Andres Sanchez

    Andrés diz não temer Lava Jato e fala em ir à Justiça por ‘perdas e danos’

    Enquanto os problemas se acumulam na Arena Corinthians e se tornam públicos, o clube e a construtora Odebrecht fazem jogo de empurra-empurra sobre a responsabilidade pela segurança de torcedores e funcionários que trabalham no local. Além de vazamento de água e infiltração em alguns pontos, placas de mármore e granito se descolaram ou despencaram do teto e da parede (clique aqui para ver os vídeos).

    Clube e construtora se reúnem desde o início da semana passada para discutir as falhas e como evitar que voltem a acontecer, principalmente em dias de jogos.

    Andrés Sanchez, ex-presidente e que também participa da administração da Arena, afirma que a Odebrecht é a responsável pelos problemas.

    – Não tem acordo, é feita uma ocorrência, tudo é gravado e filmado, a Odebrecht, que ainda é quem tem de responder pelo estádio, conserta, mas a auditoria está indo atrás de todas essas ocorrências para ver o que vai fazer. Então, a responsável por tudo ainda é a construtora.

    Na semana passada, Andrés recebeu a reportagem do GloboEsporte.com para falar sobre a Arena Corinthians e como o clube está tentando pagar a dívida do estádio, que chega a R$ 1,2 bilhão (R$ 985 milhões, mais juros) até agora.

    – Um metro quadrado do estádio custou R$ 5.185,00. Procura um estádio aí que você tem esse metro quadrado, com o acabamento que tem na Arena. É o estádio mais barato do Brasil – afirmou Andrés.

    Ele falou também sobre auditoria coordenada pelo escritório Molina & Reis e contratada pelo clube, para levantar dados e finanças sobre a obra.

    – As ocorrências que aconteceram no estádio depois da obra, afundar o piso, cair o teto não sei do quê, tudo isso a auditoria está em cima. Doa a quem doer, e se tiver que ir pra Justiça por perdas e danos, o Corinthians vai atrás – disse Andrés.

    A auditoria está sendo coordenada pelo escritório de advocacia Molina & Reis, com trabalhos da empresa Claudio Cunha Engenharia e Construções (CCEC), que subcontratou mais dez escritórios menores para verificar detalhes específicos de diferentes áreas como tecnologia da informação, solo, estruturas metálicas, hidráulicas, elétricas, segurança interna, consultoria de granitos, forro, sistema de ar, etc.

    Andrés, que é deputado federal (PT-SP), afirmou também que não teme as investigações da Lava Jato.

    – Eu não devo nada. Não tenho problema nenhum. A auditoria está em ação, gostem ou não gostem, queiram ou não queiram, vai ser feita a auditoria, vai ser feito tudo. Delação existe em todo lugar. Eu não peguei nada, não pedi nada e não devo nada. O corintiano pode ficar tranquilo.

    Veja, a seguir, a primeira parte da entrevista concedida por Andrés Sanchez. Durante a semana, o GloboEsporte.com publicará os outros dois trechos da conversa com o dirigente, sobre seus projetos em Brasília e na CBF e também sobre um balanço dos 10 anos de seu grupo no poder do Corinthians:

    Até que ponto a Arena afeta o clube?
    A dívida não afeta nada o clube. O clube não põe dinheiro nenhum na Arena. O único dinheiro que o clube deixou de arrecadar é o que tinha no Pacaembu. Em 2012, que foi o melhor ano da história, teve R$ 10,8 milhões. Então, a média era de R$ 4 milhões a R$ 6 milhões por ano, é o que o Corinthians está deixando de arrecadar. É óbvio que (hoje) você vê hoje o público na Arena, pensa: “Pô, R$ 100 milhões, R$ 150 milhões!”, mas não existia a Arena. As prestações tem de pagar, mas o clube não põe dinheiro na Arena. Se não contrata jogador, não faz isso e não faz aquilo, não é por causa da Arena.

    Qual seu papel hoje na Arena?
    Já faz quase dois anos que quem está tocando a Arena é o Emerson Piovesan (diretor financeiro do clube e componente do fundo), no grosso, tem executivos lá que tocam o dia a dia. Eu estou em cima das coisas mais macros junto com o presidente (Roberto de Andrade) e ajudando naquilo que puder, dando opinião, palpite… Mas hoje a Arena já tem vida só.

    Você segue tentando vender os naming rights (NR) do estádio.
    É tocado por mim e pelo presidente. Você vai falar o nome da Arena? Quando vender, você fala o nome? Não é desculpa, mas é um dos motivos (para não conseguir ter fechado ainda). Vamos tocar a vida, um dia vai fechar. Culturalmente, o Brasil não tem essa experiência, mas o dia a dia, como tudo no país está mudando, isso também vai mudar uma hora. Na Europa, nos Estados Unidos, vender o nome de uma Arena é normal, aqui no Brasil ainda estamos engatinhando, mas uma hora pega.

    O que mais atrapalha? A ideia era fechar o NR em meados de 2012…
    O negócio é muito grande, tem mil fatores… Desculpa aqui eu teria muitas, mas a verdade é que está dois anos e meio, três anos atrasado, essa era uma das engenharias financeiras para fechar a conta, fora os CIDs, mas infelizmente está atrasado, vamos esperar mais pra frente.

    Piovesan acha que a engenharia financeira foi muito otimista na época da construção (em maio de 2011)…
    Não… O dia a dia da Arena ele tem razão, (com relação) à venda dos camarotes, de cadeiras, de bens dentro da arena. Do naming rights e dos CIDs não tem nada a ver porque a grande engenharia do estádio era vender os CIDs, mas infelizmente por atraso da prefeitura e por uma ação judicial do Ministério Público, que ganhou em primeira instância, atrasou bastante. E os CIDs já estão valendo R$ 500 milhões, por foram corrigidos também. Então, se você fechar os CIDs e os NR, 80% do estádio está pago.
    Nota da redação: pelas contas iniciais, o estádio custaria R$ 820 milhões e seria pago com R$ 400 milhões de NR e R$ 420 milhões com venda de CIDs (Certificados de Incentivos ao Desenvolvimento, papeis públicos usados por empresas para abater impostos municipais como IPTU e ISS).

    O valor do NR baixou muito nos últimos três anos?
    Não, as empresas estão negociando e o valor continua igual. O problema não é o valor, o problema são mil fatores que existem no envolvimento disso, dentro do país, pela falta de prática nossa, está demorando para fechar. Mas acredito eu que uma hora fecha.

    O valor ainda é R$ 400 milhões?
    Eu nunca falei isso. Quem falou foi vocês. Eu quero R$ 1 bilhão. Precisa ver quem quer pagar.

    Como está a auditoria pedida pelo clube no meio deste ano para verificar obras inacabadas e valores pagos?
    O Corinthians não deu o aceite do estádio ainda porque quem tem de dar isso não é o Corinthians, não somos engenheiros. Em 2011, nós contratamos a CDC (Arquitetos) que é do Anibal Coutinho, ele que tem de dar o OK. Montamos uma auditoria faz um mês e meio, dois meses, faltam 30 ou 40 dias pra acabar… Auditoria é: financeira, hidráulica, elétrica, acabamento arquitetônico, estrutural… Para ver se o que foi contratado está feito e de que maneira foi feito. E só vamos poder responder depois da auditoria. Independente de qualquer coisa, a auditoria vai dar o parecer de tudo. Se falta, quanto falta, como é, quanto custou, o atraso da obra. As ocorrências que aconteceram no estádio depois da obra, afundar o piso, cair o teto não sei do que, tudo isso a auditoria está em cima. Doa a quem doer, e se tiver que ir pra Justiça por perdas e danos, o Corinthians vai atrás.

    Quando acontece algum problema, como é resolvido?
    Não tem acordo, é feita uma ocorrência, tudo é gravado e filmado, a Odebrecht, que ainda é quem tem de responder pelo estádio, conserta, mas a auditoria está indo atrás de todas essas ocorrências para ver o que vai fazer. Então, a responsável por tudo ainda é a construtora.

    Preocupa o fato de a Odebrecht ser uma das principais construtoras envolvidas na Lava Jato?
    É um motivo a mais pra gente fazer uma auditoria ampla e irrestrita, independente, para a gente ter acesso… É lógico que o fundo está demorando um pouco para entregar alguns documentos, a construtora idem, mas tudo isso uma hora vai ter de resolver. Espero que tudo acabe nos próximos 30, 40 dias, e nós tenhamos um parecer definitivo do que é a obra em si

    O avanço da Lava Jato e a situação da Odebrecht atrapalham a Arena?
    Não é que atrapalha, fica insinuação, Arena, Lava Jato, Odebrecht, Corinthians… Lógico que, quando você tem insinuações, sempre atrapalha, mas isso não é desculpa para nada do que deixou de ser feito no estádio. O Corinthians em qualquer situação é vítima e vai correr atrás dos seus direitos.

    Qual a chance de o Corinthians perder o estádio, caso não consiga pagar a dívida?
    Não vejo essa possibilidade. Não existe essa possibilidade. Se não arcar com a dívida, vai renegociar. Mas o que eu falei: vendendo os CIDs e o nome do estádio, 80% do estádio estão pagos. Não tem outra solução. Por mim, já tinha fechado três anos atrás, mas infelizmente, tanto o presidente do Corinthians quanto eu sabemos que as coisas não são simples.

    A arrecadação da Arena está dentro do esperado?
    Esperava um pouco mais. Aí entra o que o Emerson falou: o país era um, hoje é outro; atrasou a obra, atrasou um monte de coisa; as vendas de camarotes não estão tão a contento, as vendas de cadeiras não estão a contento, o uso da arena para outros eventos… O brasileiro não está acostumado a fazer esse tipo de eventos na arena, estão acostumando… Mas de bilheteria em si está excelente, dentro do que a gente havia planejado.

    Com a punição do STJD, o setor Norte está fechado…
    O Corinthians vai perder 9 mil lugares. Você põe 9 mil lugares a R$ 50, deixa de arrecadar… Infelizmente, é isso! Num lugar tem 50 mil pessoas, as pessoas brigam, o clube é culpado. É a mesma coisa, você está num restaurante, duas pessoas brigam, você fecha o restaurante? Já viu em algum lugar um caso desse? Tem de punir, prender as pessoas, hoje tem filme, tem câmera, todo mundo sabe quem cometeu o ato… E o clube não pode ser penalizado por isso, mas é uma grande discussão pra frente.

    A coluna da (jornalista) Vera Magalhães (do jornal “O Estado de S. Paulo”) diz que você foi citado em delação…
    Ela não falou que fui denunciado. Ela não falou que fui denunciado. Ela falou que tem uma delação falando no meu nome. Eu não devo nada. Não tenho problema nenhum. A auditoria está em ação, gostem ou não gostem, queiram ou não queiram, vai ser feita a auditoria, vai ser feito tudo. Delação existe em todo lugar. Eu não peguei nada, não pedi nada e não devo nada. O corintiano pode ficar tranquilo.
    Nota da redação: A coluna diz que, na lista de mais de cem parlamentares citados em delação de diretores e funcionários da Odebrecht, Andrés teria sido incluído por ter recebido recursos por meio de caixa 2 para sua campanha a deputado em 2014.

    Essa auditoria é a da Arena.
    Da Arena, lógico, lógico. Você acha que eles queriam uma auditoria na Arena? Ninguém quer, mas vai ser feita. Até porque o Corinthians está acima das pessoas, não tem ninguém mais importante do que o Corinthians. Então, doa a quem doer, será feito.

    A Odebrecht está se negando a entregar alguns papeis para a auditoria?
    Não é que está se negando. Está demorando. Falar não, nunca fala. Mas estão sendo cobrados e espero não precisar ir pra Justiça pra ir atrás disso. Vamos correr com isso aí.
    Nota da redação: A empreiteira alega que todos os documentos estão com o fundo e o Corinthians também tem acesso a eles.

    (O empresário) Emílio Odebrecht (presidente do conselho do grupo da construtora) disse que a Arena foi uma espécie de presente para o Lula…
    Um presente que tem de pagar mais de R$ 950 milhões mais os juros. Belo presente. Presente excelente. Quero ganhar todo ano um presente desse

    Incluindo juros, em quanto está avaliada a Arena hoje?
    Hoje? Está R$ 1,26 bilhão. Com juros.

    Se a dívida for quitada em 2028…
    Não, não. Até hoje. Se eu for quitar a dívida hoje, com os juros desde 2014, são dois anos… Juros são juros. A Arena custou R$ 985 milhões. Está sendo feita auditoria para que se tudo o que foi contratado, tudo o que foi acertado, se está dentro do escopo. No fim da auditoria, vamos saber se é isso ou não é isso.

    É possível fazer um cálculo se a dívida for paga em 2028?
    Não fiz esse cálculo. O estádio custou R$ 985 milhões e tem dez anos, 12 anos de juros. Todo mundo sabia desde o primeiro dia. Não é novidade pra ninguém. Hoje se comenta: Olha, vai pagar R$ 1,2 bilhão, R$ 1,3 bilhão, R$ 1,4 bilhão… Mas sabiam disso há três anos. Tudo foi aprovado no Conselho, todo mundo sabia. Hoje você vai comprar um carro em 36 meses, quanto custa o carro? O valor de face? Então, é isso.

    R$ 985 milhões não é muito diferente do que foi orçado no início.
    Foi orçado em R$ 820 milhões, estourou a obra em R$ 165 milhões. Um metro quadrado do estádio custou R$ 5.185,00. Procura um estádio aí que você tem esse metro quadrado, com o acabamento que tem na Arena. É o estádio mais barato do Brasil.

    O problema são os juros?
    Depende do teu interesse. Tem interesse pra tudo, infelizmente. Todo mundo sabia que, pra ter empréstimo pra pagar em dez, 12 anos, tem juros. Quanto vai ser o juros no ano que vem? E daqui a cinco anos? Então, ninguém pode fazer o cálculo.

    Em 2013, você disse que os mais otimistas previam R$ 250 milhões de receita por ano na arena e os mais pessimistas falavam em R$ 150 milhões anuais. Neste ano, até agora, o fundo arrecadou entre R$ 80 milhões e R$ 90 milhões.
    Porque não está vendendo camarote como a gente pensou que ia vender, aí entra o problema econômico do país. O país era um, agora é outro. Não se vendeu as dez mil cadeiras que tinha pra alugar, só alugou duas mil e pouco; dos 79 camarotes só vendeu 12 ou 13… Então, só com isso aí você deixa de arrecadar R$ 50 milhões, R$ 60 milhões por ano. Infelizmente, o país é outro. Não no custo da obra, na venda dos ativos do estádio, caiu bastante

    Concorda que há má gestão no Corinthians para vender essas propriedades?
    Não sei… Aliás, você está liberado para vender ou ajudar a vender. Se quiser, ganha comissão, não tem problema.

    Eu não trabalho com vendas e negociações.
    Então… Mas quem quiser vender, é só vender. É só chegar lá no clube e falar: tem um amigo que quer comprar dois camarotes. É a mesma coisa de você chegar lá na Chevrolet e perguntar por que você não está vendendo mais carro? Por que caiu 50% a venda de carros? É má gestão da Chevrolet? Isso é um problema econômico que o país está passando nesse momento.

    Piovesan diz que o Corinthians contratou especialistas em gestão de arenas. Quem são essas pessoas e como elas vão ajudar?
    Quem contratou foi ele, quem está vendo o dia a dia da arena é ele. São executivos do mercado, uns trabalhavam no Allianz Parque, outros no Morumbi, outro na arena do Inter… Estão pegando gente mais experiente, com know how melhor para ajudar no crescimento da arena.
    Nota da redação: A empresa contratada, segundo reportagem do site Uol, é a ESM (Entertainment Sports Management), que se apresenta como administradora de “sites e redes sociais dos principais times do país” e que “forma e gerencia banco de dados de torcedores/consumidores de esportes”, além de “planejamento de projetos sob medida para empresas que querem conectar suas marcas aos valores do esporte”.

    Há dificuldade para realizar eventos fora do futebol?
    Mas é isso, o brasileiro não tem a cultura de fazer eventos na arena, hoje quando você vai lá e vê até se anima porque as arenas mudaram bastante. Mas está crescendo, dia a dia está melhorando, hoje pode ser um entrave, mas daqui a alguns anos vai ser solução, depende de cultura, de experiência. Todo mundo está aprendendo também.

    Por que algumas ações, como o tour da arena que foi realizado durante a Olimpíada, pararam de ser feitas?
    Porque vai começar de novo, tem contrato, tem o Corinthians, tem o fundo, tem a Odebrecht, as coisas não são tão simples, tem de discutir com um monte de gente, tem de esperar a auditoria. Caiu o mármore, caiu não sei o quê… Vamos fazer tudo direitinho para não ter problema.

    Você tinha previsão de pagar a Arena em seis ou sete anos…
    Não, eu não tinha previsão, eu falei que poderia ser pago em seis ou sete anos.

    Andrés, você falava claramente “Nós vamos pagar em seis, sete anos”…
    Falava isso, mas não sou o presidente. O presidente pode ter o dinheiro pra pagar hoje, mas pode querer pagar em 12 anos. É questão de gosto. Se vender o naming rights e os CIDs, 85% do estádio está pago.

    Quanto já vendeu dos CIDs?
    R$ 46 milhões. E já está em quase R$ 500 milhões porque tem correção também. O estádio vale R$ 1,2 bilhão, pagando juros. Você tem R$ 500 milhões de CIDs, você vende o nome, são R$ 800 milhões, R$ 900 milhões…
    Nota da redação: Os certificados são vendidos para empresas com deságio de 15% a 20%, mas podem ser comprados e utilizados pela própria Odebrecht pelo valor de face para abater impostos municipais.

    Acha realista essa previsão?
    Vai ter que vender. Talvez não venda em um ano como era previsto, mas vende em um ano e meio, dois anos. E tem correção também.

    Você acha que o torcedor entende esse período e pode exigir menos do time?
    Mas dois anos atrás o Corinthians não tinha arena, e o Corinthians foi campeão, jogou, fez, perdeu, ganhou… Hoje é igual. O Corinthians tem 85% de aproveitamento na arena. Isso nunca teve em nenhum estádio. Tem o lado bom e o lado ruim. Mas ninguém deixa de contratar jogador por causa da arena. Presidente que fala isso não está falando a verdade.

    De bilheteria não vai poder usar durante muito tempo…
    Usa as que tem. Sobreviveu até três anos atrás. Tirando R$ 5 milhões, R$ 6 milhões que é o que tinha de renda por ano no Pacaembu, é isso. Mas no dia que tiver a arena mais ou menos quitada, a engenharia financeira feita, você imagina a receita do Corinthians como será, com 100% do clube.

    Piovesan também reclama da cobrança da dívida da arena do Corinthians. Existe um holofote maior dos credores no Corinthians?
    Tanto é que você está fazendo entrevista aqui, por que não vai fazer no Palmeiras, no Internacional, no Grêmio, no Maracanã? Vai lá no Maracanã, está uma beleza! Tem que fazer entrevista lá porque é um exemplo para não ser seguido. Vai lá na Fonte Nova entrevistar os caras. A Globo tem equipe em todo lugar, vai lá ver como está.

    Por falar em Maracanã, alguém do Flamengo lhe procurou para tratar da possibilidade de o clube construir um estádio?
    Não, a mim não. Só se procurou o presidente.

    Já cogitaram a possibilidade de mudar o gramado para passar a fazer show dentro da Arena e aumentar a receita?
    Vocês perguntam coisas para mim, mas não sou que decido. Eu dou uma opinião. Acho que nesse momento não está sendo discutido isso. Não vi nada disso. É uma possibilidade para o futuro. Agora, o Corinthians com 85% de aproveitamento na arena, todo mundo se adaptou à grama, pra que trocar? O Corinthians, queira não queira, é futebol, tem de pensar na parte financeira e administrativa, mas principalmente na parte técnica. Se está ganhando, não sei por que mexer agora?
    Nota da redação: O Corinthians tem hoje 78,3% de aproveitamento na Arena Corinthians, em 86 jogos. São 61 vitórias, 19 empates e apenas seis derrotas, com 170 gols marcados e 53 sofridos

    São 89 camarotes, mas só 14 estão alugados, não? Quanto você esperava arrecadar só com eles?
    Você põe aí R$ 250 mil, R$ 300 mil por camarote, 50% dos camarotes seriam R$ 35 milhões. Só que não vendeu. Mas não é por incompetência, não vendeu por mil razões.

    Você está há quase dois anos em Brasília (como deputado federal pelo PT-SP). Acha que a economia vai melhorar a curto prazo?
    A economia é cíclica, é reflexo do mundo. Tem país que está em um momento bom, um momento ruim, economia a cada dois, cinco, dez anos, vai pra baixo ou vai pra cima. Mas acredito que a partir do ano que vem melhora bem, até porque não dá pra ficar nessa recessão eternamente.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (5)

    1. Até quando esse cara vai afundar o timão? Esse cara acabou com o time,palmeirense fdp

    2. Avatar
      Francisco Colon Filho

      Esse cara, tem estar fora do Parque São Jorge, pilantra…..,

    3. Avatar
      Lucas Vilela

      Quem errou tem que ser punido, simples.

    4. Avatar
      Michel Baldassin

      Fez, fez e fez e no final meteu o pé no balde de leite!!! Fudeu com tudo!! Tem que responder! O único responsável por esse estádio aí!!!

    5. Avatar
      Helio J. Dobrovolsky

      Vai se foder também. Bem feito…quem mandou se unir a bandidos.

    Comments are closed.