Após acordo com Al Gharafa, Timão está perto de anunciar saída de Alex

    Depois de negociar Leandro Castán e Willian com o futebol europeu, o Corinthians está muito perto de perder mais um campeão da Taça Libertadores da América para o exterior. O meia Alex está de malas prontas para defender o Al Gharafa, do Qatar.

    Os dois clubes entraram em acordo na noite do último domingo. Como as conversas com o jogador já estavam avançadas, a negociação deve ser oficializada pelo Corinthians ainda nesta segunda-feira.

    Titular do Timão durante toda a campanha alvinegra na Taça Libertadores da América, Alex já negociava com o clube do Qatar desde o fim da competição continental. A proposta inicial, de € 5 milhões, não agradou aos alvinegros, que fizeram uma contraproposta com a pedida de € 6 milhões, aproximadamente R$ 15 milhões.

    Na última semana, o presidente Mário Gobbi confirmou as negociações e que as conversas estavam bem adiantadas. Porém, reiterou que o clube não pretendia abrir mão do atleta. O que acabou pesando na negociação, além da alta oferta inicial, foi o fato de Alex, de 30 anos, não ter mais tanto mercado no exterior.

    No ano passado, o Corinthians pagou cerca de R$ 14 milhões para comprar Alex do Spartak Moscou-RUS. Dentro de campo, o jogador foi peça importante no esquema do técnico Tite nas conquistas do Campeonato Brasileiro e da Taça Libertadores da América.

    Caso a transferência de Alex seja confirmada, o Corinthians terá os cofres recheados nos próximos meses. O clube lucrou R$ 13 milhões com a venda de Leandro Castán para o Roma, da Itália. Já a negociação de Willian com o Metalist, da Ucrânia, rendeu ao clube alvinegro cerca de R$ 4 milhões. Por outro lado, o Timão já acertou as contratações do atacante peruano Pablo Guerrero e do meia argentino Juan Martínez.

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também