Após debandada, Corinthians se protege com fatias maiores de reforços

    Depois de sofrer com o assédio chinês e perder meio time campeão brasileiro, o Corinthians tenta se resguardar com as novas contratações realizadas para 2016. Acostumado nos últimos anos a ter fatias de seus principais jogadores, o clube buscou porcentagens maiores dos nomes que chegaram e ainda podem chegar. Nenhum deles tem menos de 50% pertencendo ao Timão.

    O meia Guilherme teve 100% dos direitos econômicos comprados do Antalyaspor, da Turquia, mesmo caso que vai ocorrer com o zagueiro paraguaio Fabián Balbuena, do Libertad. Sobre André, o clube tem 80% desses direitos. Em relação a Giovanni Augusto, 60%.

    Entre os reforços, o único com menor porcentagem é o meia-atacante Marlone. O Corinthians adquiriu 50% sobre o jogador, que tem a outra metade dos direitos ligada ao empresário Fernando Garcia. O Timão tentou negociar 70%, mas não obteve sucesso.

    A intenção é evitar a debandada que ocorreu após o título brasileiro. Renato Augusto (50%) e Malcom (30%) foram os casos em que o Corinthians teve menor controle. O zagueiro Gil era um dos poucos com maior ligação: 90%. Jadson e Vagner Love eram 100% do Corinthians, mas saíram por multas muito baixas.

    – Estamos tentando proteger o clube do assédio da China, de outros centros, ao fazer essas negociações e também adquirir direitos de jogadores que já estão aqui – afirmou o diretor Eduardo Ferreira, em entrevista no início da semana.

    No caso de jogadores que já estavam no clube se encaixa o zagueiro Felipe, que tinha apenas 50% dos direitos econômicos ligados ao Corinthians. Em negociação realizada há três semanas, o Timão renovou o contrato do defensor até 2019 e comprou os 50% restantes. A ideia é depender cada vez menos de empresários e conseguir faturar mais em vendas futuras.

    Veja Também

    Comments (7)

    1. Avatar
      carlos dos santos

      Como gostaria de ver Carlitos teves dinovo no timao

    2. O q adianta só te a porcentagem maior , tem q ter tbem as multas rescisória alta tbem para a China não fazê mais o q aconteceu este ano chega e paga barato e leva os melhores jogadores.

    3. ja e alguma coisa, pelo menos ja abriram o olho,

    4. porra ate que enfim abriram o olho, espero que as multas tambem sejam altissimas, assim ninguem mais vai destruir a nossa equipe, e se caso aconteca pagarao alto, pra que possamos comprar novos e bons jogadores

    5. Avatar
      Batista Fábio

      De que adianta se proteger com fatias maiores se quando na verdade o clube deveria ser dono totalmente dos direitos do jogador

    6. Avatar
      José Nascimento

      Pessoal do Timão Web! Faz um link com a porcentagem de todos os jogadores do profissional e do juniores do Corinthians! Será a melhor matéria do ano!

    7. Avatar
      Helio J. Dobrovolsky

      Apesar de eu não acreditar nas porcentagens anteriores declaradas, até que enfim!

    Comments are closed.