Árbitro de polêmico Majestoso apitará jogo entre Atlético-PR e Corinthians

    • Daniel Vorley/AGIF

    Alvo de reclamações do São Paulo no clássico com o Corinthians, empatado em 1 a 1, Wagner Magalhães vai apitar a partida do líder do Campeonato Brasileiro contra o Atlético-PR, no próximo sábado, na Arena da Baixada.

    No jogo ocorrido no dia 24 de setembro, no Morumbi, os são-paulinos reclamaram da atuação do árbitro carioca em quatro lances: Gol de Militão anulado por suposta falta de Pratto em Cássio, pisão de Maycon na mão de Petros, defesa de Cássio após recuo de Pablo e suposta falta de Rodriguinho em Junior Tavares na origem do gol corintiano, que igualou o placar em 1 a 1 na ocasião. Pouco depois do jogo, o clube emitiu uma nota repudiando a atuação do árbitro, mas não chegou a apelar a outros órgãos.

    A partida válida pela 25ª rodada do torneio não foi a única com lances polêmicos protagonizados por Magalhães neste ano. Na final do Campeonato Carioca vencida pelo Flamengo por 2 a 1, o Fluminense chegou a emitir um comunicado exigindo uma punição ao árbitro por supostamente ter comemorado um dos gols da equipe rubro-negra.

    A última reclamação envolvendo o árbitro ocorreu no último domingo. Responsável por comandar o jogo entre Bahia e Ponte Preta, Magalhães foi alvo de críticas dos torcedores baianos por não ter dado um pênalti em Edigar Júnio. O Bahia venceu a partida por 2 a 0, na Arena Fonte Nova.

    Veja Também