Corinthians esbarra em garantia financeira para venda de naming rights

    O Corinthians está na estaca zero em relação ao naming rights de sua arena. Os dirigentes estavam animados com a possibilidade de fechar contrato com um fundo de investimento da área financeira, mas o acordo não vai mais acontecer. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Bradesco Esportes FM.

    O motivo da desistência da diretoria é a falta de garantias bancárias da empresa. O Timão queria se precaver caso acontecesse algo errado na parte econômica.

    O Corinthians exigia do parceiro provas de que ele conseguiria bancar os R$ 340 milhões prometidos pelo período de 20 anos.

    Os investidores tinham ligação com o Winner Play, site de apostas em esportes que assinou contrato de patrocínio para os ombros da camisa alvinegra por R$ 20 milhões – por três temporadas.

    O acordo foi rescindido neste mês pela falta de pagamento. O Winner só pagou cerca de R$ 300 mil ao Corinthians, que corresponde a primeira parcela e a dívida atual já é superior a R$ 4 milhões.

    O Timão tenta vender o nome do estádio desde o início das obras, em 2011.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do CorinthiansVídeos do Corinthians