Roger - Corinthians 1 x 0 Paraná

    Atacante corinthiano admite que vive uma das fases mais difíceis da sua carreira

    Titular diante do Paraná, Roger reconhece que deverá voltar ao banco de suplentes na importante partida desta quarta-feira, contra o Colo-Colo, pela Copa Libertadores. Romero voltará a ser titular no jogo decisivo das oitavas de final – na ida, o clube chileno venceu por 1 a 0, em Santiago. Roger admite viver um dos piores momentos de sua carreira.

    “Acho que não (vou seguir no time), talvez o mais justo seja o Romero voltar, ele é o titular da equipe hoje. A gente está aí tentando fazer o nosso melhor todo dia, não é fácil, você faz o melhor, treina, corre, luta, e às vezes a bola não entra. Fico chateado, mas a gente tem que ficar tranquilo, continuar. Romero é titular, um ídolo, vive um momento maravilhoso, se eu tiver que ser opção, sem problema. Se tiver que jogar, vou dar o melhor e esse gol vai sair”, afirmou.

    Ao fim da última partida, Osmar Loss revelou que deve optar por Romero como atacante de referência. O camisa 11 fez a função de centroavante na derrota para o Fluminense. Apesar da troca no ataque, Loss elogiou Roger.

    “Roger teve uma função muito importante para o tipo de jogo de pressionar zagueiros, pressionar a última linha do Paraná. Ele segurou algumas bolas, fez passar algumas bolas, mas na quarta-feira há uma tendência na volta do Romero”, disse o treinador.

    Veja Também