Avelar - Corinthians x Avenida

Aula de Corinthianismo! No sufoco, Timão vira e avança na Copa do Brasil

A estrada não foi das mais fáceis de atravessar. Mas o Corinthians, depois de tomar dois gols em nove minutos, soube se superar e garantir sua classificação à terceira fase da Copa do Brasil de maneira dramática, com uma vitória por 4 a 2 nesta quarta-feira, na Arena Corinthians. Henrique, Danilo Avelar, Júnior Urso e Gustagol marcaram para o Timão, enquanto Flávio Torres e Tito anotaram para a equipe gaúcha.

Os corintianos voltam a campo neste domingo, às 19h, contra o Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista. Na próxima fase da Copa do Brasil, o Corinthians enfrenta Foz ou Ceará. 

Avenida liberada

O início displicente do Corinthians abriu caminho para a zebra desfilar. Flávio Torres cabeceou e Cássio caiu de maneira desengonçada, aceitando o gol aos três. Já aos nove, Tito se desvencilhou de um Henrique em marcha lenta, tabelou com Welder e abriu 2 a 0 para o Avenida.

‘Ei, Corinthians, tem que ganhar…’

A desvantagem aumentou a tensão na Arena Corinthians. Além de vaias a Henrique, a torcida entoou o grito de “Ei, Corinthians, temos que ganhar”. Fábio Carille levou o time à frente, ao sacar Ralf para promover a entrada de Vagner Love. Sornoza levou perigo em cobranças de falta. Já Gustagol arriscou de letra e Pedrinho tentou de fora da área, mas ambos pararam em Fabiano.

A hora de reagir…

Nos acréscimos, veio um suspiro de reação do Timão. Pedrinho alçou para a área e, em meio à zaga, Henrique desviou de pé esquerdo para a rede. Chance do defensor se redimir.

Caminhos tortuosos  

A volta do intervalo mostrou que corintianos ainda deixavam buracos para o Avenida. Tito passou como quis pela zaga e carimbou a trave de Cássio. Aos poucos, o Corinthians foi tomando a iniciativa e colecionando chances desperdiçadas. Sornoza cobrou falta do lado de fora da rede.  Vagner Love e Gustagol esbarraram em Fabiano. O camisa 9 ainda carimbou a trave.

Penou, mas aqui chegou!

Depois de tanto sofrimento, o Timão encontrou uma avenida liberada. Aos 31, Sornoza cobrou falta para a área e Danilo Avelar empatou. O Corinthians seguiu impetuoso, em especial após a entrada de Boselli, e viu a ousadia de Carille premiada em grande estilo. Aos 42, Gustagol lançou Júnior Urso, que contou com o desvio em Claudinho para decretar a virada. Já nos acréscimos, Gustagol deixou sua marca para sacramentar a classificação dos corintianos. 

Veja Também

Notícias do Corinthians
Notícias do Corinthians
Gustagol - Corinthians