Balbuena não quer secar o Grêmio e prefere jantar com a família

    • Luciano Belford/AGIF

      Balbuena fez o gol de vitória por 1 a 0 no Fluminense

      Balbuena fez o gol de vitória por 1 a 0 no Fluminense

    Com nove pontos de vantagem e no aguardo por São Paulo x Grêmio na noite desta segunda-feira, no Morumbi, o zagueiro corintiano Balbuena não mostra preocupação com a concorrência pela liderança do Brasileirão. Em entrevista nesta tarde, o jogador disse que prefere focar no desempenho do próprio time e mencionou que ainda é cedo para esse tipo de comportamento.

    “Acho que não [verá o jogo desta noite], tenho marcado um jantar com minha família. Se estiver passando na TV até vou assistir, mas sem torcer. Não sou partidário disso, me preocupo mais com meu trabalho. Se o Grêmio perder, não muda nada. Nem acabou o primeiro turno ainda”, comentou. 

    “Com respeito aos que falam [sobre o Corinthians cair ou não no torneio], não ligamos para isso. São opiniões de cada um, as pessoas podem falar o que quiserem, temos um grupo fechado, pensamos em trabalhar no dia a dia, seguir essa linha e conseguir os resultados, porque é isso que importa. O Campeonato Brasileiro é muito difícil, todo mundo se prepara bem, e pensamos em seguir o nosso trabalho”, acrescentou. 

    Balbuena também comentou sobre duas consequências da lesão de Pablo, que ficará fora por até seis semanas. Para o paraguaio, Pedro Henrique demonstra capacidade de ocupar a posição. “É um cara que trabalha forte sempre e ele vem demonstrando. Quando teve a oportunidade, não desapontou, esteve à altura”, declarou. 

    “Acho que, com a lesão do Pablo, que vai nos desfalcar por um tempo considerável, seria uma boa contratar [um novo defensor]. Só temos três zagueiros disponíveis, e se alguém se machucar ou for suspenso, ficaria só dois, sem ninguém no banco. Mas isso é uma coisa da diretoria, não temos que nos meter nesse assunto”, fechou. 

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians