Balbuena rebate críticas a jogador questionado no Corinthians: ‘Temos confiança nele’

    Kazim terá uma grande oportunidade para calar os seus críticos. Com a lesão na panturrilha esquerda de Jô confirmada, o centroavante inglês naturalizado turco está escalado pelo técnico Fábio Carille para enfrentar o Cruzeiro no domingo, no Mineirão, onde contará com o apoio dos seus companheiros na missão de se reabilitar tecnicamente.

    “O Jô é muito importante, mas estamos tranquilos porque o Kazim vem treinando bem, forte. Temos confiança nele, então não muda nada. Quem entra na equipe sabe o que deve fazer”, comentou o zagueiro paraguaio Balbuena, um dos líderes do elenco.

    Bayern, Real e Juve no FOX Sports 

    Kazim sabia que devia fazer gols quando substituiu Jô em outras ocasiões, mas não conseguiu acertar a rede. Ele só anotou duas vezes como corintiano, uma em janeiro e outra em fevereiro (na goleada por 4 a 1 sobre o Vasco, pela amistosa Copa Flórida, e na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio Osasco Audax, pelo Campeonato Paulista), em 24 jogos disputados.

    Após chamar a atenção pelo seu carisma, o auto apelidado Gringo da Favela perdeu alguns fãs em decorrência do mau futebol. O auge da irritação dos torcedores com Kazim ocorreu na derrota por 1 a 0 para o Atlético-GO, lanterna do Campeonato Brasileiro, em casa, quando ele chegou a se desculpar com os seus colegas de time e o público pelos gols perdidos.

    “Ele não vinha jogando quando entrou contra o Atlético-GO e talvez tenha sentido a falta de ritmo, mas cada jogo é diferente. Treinamos forte todos os dias para estar bem. Temos plena confiança no trabalho do Kazim. Apoiamos o grupo todo”, insistiu Balbuena, diferenciando os dois principais centroavantes do plantel. “O Kazim é mais de área, mais forte do que o Jô, que tem mais velocidade”, disse.

    Além de Kazim, que já está treinando como titular, o técnico Fábio Carille conta com o jovem Carlinhos como alternativa para suprir a ausência de Jô. O campeão da última Copa São Paulo, contudo, só foi utilizado uma vez – justamente diante do Atlético-GO.

    Saiba mais:

    Meio-campista do PSG diz que sofre bullying

    Jornal revela fotos do acidente de Agüero

    Muralha não determinou estratégia nos pênaltis

    Veja Também