Briga entre 500 corintianos e palmeirenses deixa dois baleados

    Uma briga generalizada envolveu aproximadamente 500 torcedores de Corinthians e Palmeiras na Zona Norte de São Paulo, na avenida Inajar de Souza, e deixou dois baleados e quatro detidos, segundo a Polícia Militar. O tumulto aconteceu por volta das 10h. Os dois clubes se enfrentam neste domingo, às 16h, no estádio do Pacaembu, pela 15ª rodada do Campeonato Paulista.

    O confronto pode ter sido marcado nas redes sociais. No Twitter, usuários comentaram durante o sábado que haveria uma briga na manhã deste domingo na Inajar de Souza.

    Segundo pessoas ligadas à uma das torcidas organizadas do Corinthians, o confronto deste domingo é uma “revanche” de uma briga que aconteceu em agosto do ano passado e culminou na morte do corintiano Doulgas Karin Silva.

    No começo de fevereiro, um grupo de torcedores do Palmeiras tentou entrar em confronto com corintianos na Marginal Tietê, em São Paulo. Um ônibus com alviverdes seguia para Presidente Prudente acompanhar o clássico contra o Santos quando passou em frente a um barracão do time rival e um torcedor do Corinthians tentou acertar o veículo com uma pedra.

    Os palmeirenses pularam do ônibus para iniciar a brigas, mas a Polícia Militar entrou em ação e impediu o confronto.

    No último domingo, quando São Paulo e Santos se enfrentaram, torcedores dos dois clubes entraram em confronto antes do clássico com pedras, paus e garrafas.

    Reportagem: UOL

    Veja Também

    Notícias do Corinthians