Gabriel - Corinthians x PSV

Caíque faz milagres, e Corinthians bate PSV nos pênaltis na Florida Cup

11/01/2018 - 00:24 | Fonte: ESPN


Florida Cup 2018

Ver mais detalhes
Florida Cup 2018

Orlando City Stadium

Corinthians
PSV (HOL)
1 (5) - 1 (4)
Final
Rodriguinho - 1 (23')
Estatísticas
2 Cartões Amarelo 1
0 Cartões Vermelho 0
4 Finalizações 16
8 Faltas 5
0 Escanteios 6
Ball Possession
38%
62%
Minuto a Minuto
Início
26. Rodriguinho
23'
1. Caíque França
46'
2. Léo Príncipe
46'
14. Léo Santos
46'
33. Warian
46'
13. Guilherme Romão
46'
21. Fellipe Bastos
46'
31. Marquinhos Gabriel
46'
29. Camacho
46'
8. Maycon
46'
17. Giovanni Augusto
46'
19. Júnior Dutra
46'
2. Léo Príncipe
60'
13. Guilherme Romão
85'
Fim

O Corinthians começou bem a temporada de 2018.

E muito graças a Caíque França. O jovem goleiro fez milagres no tempo normal e garantiu um empate por 1 a 1 com o PSV-HOL na Florida Cup – Rodriguinho marcou o gol corintiano, e Lammers, já nos acréscimos, deixou tudo igual. Depois, fez a defesa que garantiu a vitória alvinegra nos pênaltis por 5 a 4.

Carille mandou dois times completamente diferentes a campo nesta quarta-feira.

No primeiro tempo, o time considerado titular atuou com Cássio, Fágner, Pedro Henrique, Balbuena e Juninho Capixaba; Gabriel, Jadson, Romero, Rodriguinho e Clayson; Kazim.

Com essa equipe, houve muito equilíbrio. Melhor para o Corinthians. Aos 23 minutos, Jadson cobrou falta pela esquerda, e Rodriguinho apareceu livre na segunda trave para completar para o gol.

Kazim ainda teve uma boa chance, mas acabou escorregando na hora de finalizar. Do outro lado, Cássio apareceu bem nas boas chances que teve.

Na segunda etapa, o time foi completamente diferente. Foram a campo Caíque França; Léo Príncipe, Léo Santos, Warian e Guilherme Romão; Fellipe Bastos, Camacho, Maycon, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Júnior Dutra.

Diante de reservas corintianos, o PSV aos poucos foi dominando completamente a partida.

E brilhou a estrela de Caíque França. O goleiro corintiano fez pelo menos quatro boas defesas, sendo dois milagres quase em sequência.

No primeiro deles, se esticou todo em chute cara a cara, cruzado, de Mauro Júnior, em uma defesa que até lembrou a de Cássio diante de Diego Souza na Libertadores de 2012.

Depois, salvou com os pés um chute de frente de Malen. No rebote, Guilherme Romão ainda salvou com a bunda o gol que seria de Mauro Júnior.

Já aos 48 do segundo tempo, porém, não teve jeito. Brenet cruzou e, após enorme bate-rebate na área, Lammers apareceu para colocar nas redes e levar a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças, porém, o mesmo Lammers parou em mais uma defesa de Caíque.

Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto fizeram e garantiram o triunfo corintiano.

O Corinthians agora volta a campo no sábado para enfrentar os Rangers, da Escócia.