Caíque faz milagres, e Corinthians bate PSV nos pênaltis na Florida Cup

Gabriel - Corinthians x PSV
[vc_row][vc_column][alc_event_scoreboard event=”67554″ title=”Florida Cup 2018″ link=”url:http%3A%2F%2Ftimaoweb.com.br%2Fjogo%2Fflorida-cup-2018-corinthians-1-x-1-psv-hol%2F|title:Ver%20mais%20detalhes||” color_team_1=”#000000″ color_team_2=”#dd3333″][vc_column_text]O Corinthians começou bem a temporada de 2018.

E muito graças a Caíque França. O jovem goleiro fez milagres no tempo normal e garantiu um empate por 1 a 1 com o PSV-HOL na Florida Cup – Rodriguinho marcou o gol corintiano, e Lammers, já nos acréscimos, deixou tudo igual. Depois, fez a defesa que garantiu a vitória alvinegra nos pênaltis por 5 a 4.

Carille mandou dois times completamente diferentes a campo nesta quarta-feira.

No primeiro tempo, o time considerado titular atuou com Cássio, Fágner, Pedro Henrique, Balbuena e Juninho Capixaba; Gabriel, Jadson, Romero, Rodriguinho e Clayson; Kazim.

Com essa equipe, houve muito equilíbrio. Melhor para o Corinthians. Aos 23 minutos, Jadson cobrou falta pela esquerda, e Rodriguinho apareceu livre na segunda trave para completar para o gol.

Kazim ainda teve uma boa chance, mas acabou escorregando na hora de finalizar. Do outro lado, Cássio apareceu bem nas boas chances que teve.

Na segunda etapa, o time foi completamente diferente. Foram a campo Caíque França; Léo Príncipe, Léo Santos, Warian e Guilherme Romão; Fellipe Bastos, Camacho, Maycon, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Júnior Dutra.

Diante de reservas corintianos, o PSV aos poucos foi dominando completamente a partida.

E brilhou a estrela de Caíque França. O goleiro corintiano fez pelo menos quatro boas defesas, sendo dois milagres quase em sequência.

No primeiro deles, se esticou todo em chute cara a cara, cruzado, de Mauro Júnior, em uma defesa que até lembrou a de Cássio diante de Diego Souza na Libertadores de 2012.

Depois, salvou com os pés um chute de frente de Malen. No rebote, Guilherme Romão ainda salvou com a bunda o gol que seria de Mauro Júnior.

Já aos 48 do segundo tempo, porém, não teve jeito. Brenet cruzou e, após enorme bate-rebate na área, Lammers apareceu para colocar nas redes e levar a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças, porém, o mesmo Lammers parou em mais uma defesa de Caíque.

Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto fizeram e garantiram o triunfo corintiano.

O Corinthians agora volta a campo no sábado para enfrentar os Rangers, da Escócia.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]