Campeão Paulista já conhece sua sorte no Estadual 2019

02/11/2018 - 10:39 | Fonte: TIMÃO WEB


Nesse momento, as principais preocupações de diretoria, corpo técnico, jogadores e torcida se centram na reta final do Brasileirão, mesmo sabendo que a chance de rebaixamento é cada vez mais reduzida. Uma coisa é certa: a temporada terminará e o Corinthians não conseguirá fazer jus a sua história, numa performance abaixo da expectativa. O “Timão” quer voltar a demonstrar o porquê de ser um dos emblemas mais bem reputados tanto do Brasil quanto da América do Sul já em 2019, e a verdade é que já conhece seus primeiros desafios no em 2019. O sorteio da primeira fase do Paulistão já aconteceu e esse ano poderá ser histórico para o Corinthians.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) sorteou as chaves correspondentes à primeira fase do Campeonato Paulista 2019. O Corinthians, bicampeão do torneio, é o cabeça do grupo C, chave que vai partilhar com Mirassol, Ferroviária e Bragantino. No entanto, o formato tradicional se mantém: as equipes estão dividades em quatro grupos de quatro, e apenas enfrentam adversários de outras chaves. A prova vai acontecer de 20 de janeiro a 21 de abril.

Imagem: Wikipedia

Briga pelo Tri

O Corinthians é o vencedor máximo do Campeonato Paulista com 29 edições do torneio em seu extenso palmarés. Em 2019, O “Timão” vai em busca de um número bem redondo: o 30º título de campeão Estadual. Além disso, poderá fazer algo que não consegue há 80 anos: conquistar o Paulistão em três ocasiões consecutivas, situação que não se verifica desde o triênio 1937/38/39. Antes disso, o Corinthians já tinha sido tricampeão entre 1922 e 1924 e entre 1928 e 1930.

Antes de iniciar sua campanha na nova época esportiva, o Corinthians segue empenhado em assegurar a manutenção no escalão máximo do futebol brasileiro. As odds para os jogos do Corinthians nessa reta final podem ser encontradas na Betway, sendo certo que o time não pode dar a permanência por adquirida e precisa encarar esses últimos desafios com toda a seriedade. Sem outro objetivo pelo qual lutar até final dessa temporada esportiva, resta à equipe comandada por Jair Ventura aguardar por um novo começo em 2019 cujo pontapé de saída corresponderá à disputa do Paulistão.

As duas últimas campanhas

Os dados relativos à campanha, que como esperam os corinthianos, podem culminar com a conquista do tricampeonato Estadual, estão lançados. Recordemos as duas últimas campanhas do “Timão” no Paulistão, começando por 2017.

Nesse ano, o Corinthians galgou a primeira fase com estatuto de líder do grupo A. Nas quartas, encarou o Botafogo-SP e após um empate sem gols na ida, um triunfo por um a zero na Arena, com gol de Rodriguinho ainda no primeiro tempo, valeu o acesso. O meia de 30 anos que deixou o clube para rumar ao Pyramids FC do Egito seria o grande destaque do “Timão” na prova. Nas semis, o time mandado por Fábio Carille foi ganhar do São Paulo no Morumbi por dois a zero em partida válida pela ida, gols de Jô e Rodriguinho, sendo que a volta, em Itaquera, ficou no 1-1 com gols de Jô e Lucas Pratto.

A final seria disputada com a Ponte Preta e a questão ficaria praticamente sentenciada na ida. No Moisés Lucarelli, em Campinas, o Corinthians venceria de três a zero com gols de Rodriguinho (2) e Jádson, empatando a 1 na volta, meramente para a consagração.

Já nesse ano de 2018, o Corinthians também ultrapassou a primeira fase com estatuto de líder do grupo A, marcando duplo confronto com o Bragantino. Após uma derrota por três a dois no Pacaembu, na volta, com o apoio da sua torcida, o Corinthians levou a melhor por dois a zero.

A partir daí, o Corinthians quebrou a maldição associada às decisões através da marcação de pênaltis. Derrotado no Morumbi na ida das semis, venceu pelo mesmo placar na volta com um gol de Rodriguinho já para lá da hora. Na decisão através da marcação de castigos máximos, o “Timão” levou a melhor por cinco a quatro, marcando encontro com outro grande rival na decisão: o Palmeiras. Derrotado na sua casa, o Itaqueirão, na partida de ida com um gol madrugador de Borja, o Corinthians foi empatar a eliminatória ao Palestra Itália com um gol de Rodriguinho também bem cedo no desafio, jogador decisivo em contexto de Estadual pelo segundo ano consecutivo. Na decisão por pênaltis, o Corinthians foi mais forte e venceu por quatro a três na casa do rival.

Em termos absolutos, o Corinthians conta com um total de 29 títulos de campeão Paulista e foi finalista vencido da competição mais importante do Estado de São Paulo em 20 ocasiões. A última final perdida pelo Corinthians remonta a 2011. Após esse ano, o “Timão” já conquistou o troféu em mais três ocasiões, nos anos de 2013, 2017 e 2018.