Junior Urso - Corinthians

Carille admite estar impressionado com adaptação de reforço no Corinthians

O volante Júnior Urso chegou ao Corinthians dizendo que, ao analisar alguns jogos da equipe, viu que poderia dar à equipe uma melhor infiltração e chegada como elemento surpresa na área do adversário. Foi exatamente isso que ele fez na vitória por 3 a 1 contra o Ceará, na quarta-feira, construindo uma sequência que impressiona o Fábio Carille por ser apenas o início do atleta no clube.

Autor do primeiro gol do triunfo, o segundo dele com a camisa do clube do Parque São Jorge, o meio-campista finalizou com sucesso pela primeira vez dentro da área, como prometido na sua chegada. Depois de cruzamento executado por Clayson, Boselli ajeitou bem na segunda trave e ele conseguiu achar o canto esquerdo, sem chances para o goleiro Richard.

Junior Urso - Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O feito, mais um para o atleta que assumiu a condição de titular praticamente desde a primeira vez em que foi utilizado, impressiona quem convive com o atleta de 30 anos. Para o técnico Fábio Carille, apenas o volante Ralf, seu companheiro de meio-campo, teve uma facilidade tão grande na adaptação.

Ralf foi o ‘primeiro’

“Quando cheguei em 2009, pensando rápido, acho que é o segundo jogador (que se adapta tão rápido). O primeiro foi o Ralf, colocou a 5 nas costas e já saiu jogando”, disse o treinador, que lembrou pensar, na época, que veria o zagueiro Leandro Castán se destacando mais rapidamente.

“Em 2010 eu achei que o Castán ia jogar e o Ralf ia esperar um pouco. Você vê como é, muitas vezes não é como imaginamos. Castán ficou no banco um ano e só jogou quando o William aposentou”, observou o comandante, assegurando, porém, que ainda não assegura ninguém como titular absoluto para a temporada.

“Ainda estou em busca desses 11. Em 2017 eu tirei Jadson e Maycon do time. Veio mais (jogador) do que eu imaginava, não imaginaria que chegariam tantos jogadores qualificados, Love e Urso, acho que esse é o elenco mais equilibrado com relação aos últimos três anos”, concluiu Carille.

Veja Também

Notícias do Corinthians
Vagner Love - Gol do Corinthians