Carille aguarda Copa América para conseguir ‘encorpar’ o Corinthians

    O técnico Fábio Carille está preocupado com o desempenho do Corinthians. Depois de uma maratona de jogos na reta final do Paulistão, o comandante do Alvinegro se prepara para uma outra sequência apertada. Por conta disso, o treinador projeta uma melhora real no futebol apresentado por sua equipe apenas após a parada da Copa América.

    No próximo mês, o Corinthians entrará em campo em dez oportunidades. Serão seis jogos pelo Campeonato Brasileiro, dois jogos pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, e duas partidas decisivas pela Copa Sul-Americana, contra um adversário ainda desconhecido. 

    A maratona de jogos, todos eles de extrema importância para as ambições do clube na temporada, implica na falta de tempo hábil para os treinamentos.  O Corinthians disputará, em média, uma partida a cada três dias. Diante disso, a comissão técnica focará na recuperação de seus atletas e, apenas durante a parada da Copa América, será possível pensar exclusivamente na melhora de rendimento da equipe. 

    –  A minha expectativa (de melhora) é de que seja depois da Copa América, pois será um tempo maior de preparação do que foi em janeiro. E ainda teremos o grupo todo. O Manoel teve catapora enquanto estava no Cruzeiro e veio fazer a pré-temporada quando já estava no Corinthians, o Júnior Urso chegou na rodada em que enfrentaríamos o Palmeiras, o Clayson ficou no departamento médico, o Ralf, o Gabriel e o Pedrinho também machucaram – explicou o técnico Fábio Carille, lembrando que o Corinthians teve pouco mais de duas semanas de pré-temporada no início deste ano. 

    Durante a paralisação do calendário do futebol brasileiro para a realização da Copa América (14 de junho a 7 de julho), o Corinthians pretende fazer um forte trabalho de preparação. O elenco ficará treinando no CT Joaquim Grava e disputará amistosos contra Botafogo-SP (29 de junho), em Ribeirão Preto, e Vila Nova-GO (4 de julho), em Goiânia. 

    O período de treinamentos é aguardado com ansiedade pela comissão técnica. Isto porque, a expectativa é ter todo o elenco à disposição para consertar os erros apresentados no primeiro semestre e, principalmente, melhorar o desempenho ofensivo da equipe. 

    – Vamos cuidar bastante dos jogadores até a parada. Depois, vamos ter os atletas voltando mais inteiros depois de folga. Vamos dar uma folga de alguns dias e terei 17 dias para trabalhar já com dois amistosos confirmados. Aí sim, eu acho que o time consegue encorpar – finalizou o pressionado Carille. 

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
     
    Notícias do Corinthians