Carille diz que mudança tática foi decisiva para vitória do Corinthians em Dérbi

    A concentração dos jogadores e a mudança tática proposta para o Dérbi deste sábado foram apontadas pelo técnico Fábio Carille como responsáveis pela vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Palmeiras, em Itaquera.

    Orgulhoso de sua equipe, decisiva em mais um jogo considerado grande, Carille não teve falsa modéstia e reconheceu seu mérito na implantação de um novo esquema tático para o clássico.

    Sem um centroavante, o Corinthians atuou no 4-2-4. A segunda linha de quatro jogadores teve Romero e Clayson abertos, com Jadson e Rodriguinho por dentro, mais próximos da área adversária. Rodriguinho fez o primeiro gol após longa troca de passes; Clayson, de pênalti, marcou o segundo.

    – O futebol é um conjunto, é a comissão trabalhando, levando informações, e os jogadores absorvendo. 60%, 70% do sucesso de um time está no vestiário. A maior virtude, o maior ponto foi a mudança tática. Eles assimilaram bem, jogando sem o 9, com dois meias flutuando o tempo inteiro e fazendo a bola chegar em Jadson e Rodriguinho – explicou Carille.

    Para o técnico, a vitória dá força extra para a estreia do Corinthians na Taça Libertadores, quarta-feira que vem, às 21h45 (de Brasília), contra o Millonarios, na Colômbia.

    – Vitórias são importantes para todo o elenco, o técnico, principalmente no início. As equipes grandes tiveram muitas dificuldades na preparação, com 13 dias de trabalho tendo jogo, competição, e ainda teve viagem aos EUA, que esse ano não foi boa. Fortalece, é uma nova ideia, além do 4-2-3-1, um 4-2-4. O bom é que estou tendo peças para variar, podemos fazer um grande ano não só na Libertadores, mas em todos os campeonatos – destacou o comandante.

    Fábio Carille agora soma quatro vitórias em quatro clássicos contra o Palmeiras. Detalhe: contra quatro técnicos diferentes no adversário (Eduardo Baptista, Cuca, Alberto Valentim e agora Roger Machado).

    Veja Também