Carille é sincero sobre início no Corinthians: ‘Joguei como time pequeno? Sim’

    Visto com desconfiança desde a data de seu anúncio como treinador do Corinthians, Fabio Carille admitiu que optou em alguns momentos por uma postura conservadora da equipe em seu início de trabalho à frente da equipe. De acordo com o treinador, os resultados dos primeiros meses seriam fundamentais para que a confiança fosse depositada no trabalho da então nova comissão técnica do Alvinegro.

    “Eu também sabia que não ficaria se o início não fosse bom. Joguei por poucas bolas mesmo. Armei o sistema defensivo com a participação de todos. Com os resultados, ia ser mais fácil trabalhar a parte ofensiva. Continua uma marcação muito forte, e produzindo para crescer na parte ofensiva”, disse o treinador em entrevista para a Rádio Jovem Pan nesta segunda-feira, destacando seu conhecimento como auxiliar sobre a ‘cultura’ do Parque São Jorge.

    “São oito anos no Corinthians, sei que resultados ruins no início não seria bom. Joguei como time pequeno? Sim. Contra o São Bento? Sim. Depois, respeitando o trabalho do Fernando Diniz no Audax, que é um time chato de jogar. Deu um resultado acima do esperado mesmo. Acho que são 24 ou 25 jogos no ano sem tomar um gol. São números que me assustam”, afirmou o treinador.

    Leia também:

    Corinthians com reforços

    Neymar estaria incomodado

    Damião pode deixar o Fla

    Veja Também