UOL Esporte - 19 de maio de 2017 às 15:30


  • Ernesto Rodrigues/Folhapress

    Anderson Martins deixou o Corinthians ao fim da temporada 2014

    Anderson Martins deixou o Corinthians ao fim da temporada 2014

Dentro da linha de critérios a serem seguidas, a busca do Corinthians por um novo zagueiro levou ao nome de Anderson Martins nos últimos dias. Com negociações em andamento com o Vasco, o defensor de 29 anos deixou nesta semana o Umm Salal, do Catar, e é atualmente avaliado pela direção corintiana. A informação foi divulgada pelo “Lance” e confirmada pelo UOL Esporte.

Zagueiro do Corinthians em 2014, Anderson teve o nome escolhido como prioridade pelo treinador Fábio Carille. Daquela passagem, o então auxiliar e o jogador mantiveram contato e voltaram a se falar nos últimos dias. Na avaliação de direção e comissão técnica, que ainda não abriram qualquer tipo de tratativa direta, ele seria o reforço ideal para a defesa. 

Na busca por um zagueiro, o Corinthians descartou mais de 10 nomes nos últimos dias, entre eles Enzo Roco, chileno do Cruz Azul-MEX, e Leandro Castán, campeão da Copa Libertadores em 2012. Anderson Martins tem a experiência e a qualidade desejadas para a função, que tem Pablo e Balbuena atualmente como titulares indiscutíveis. Na reserva, estão dois jovens [Pedro Henrique e Léo Santos] e ainda Vílson, que não atuou ainda em 2017 por problemas físicos. 

A negociação por Anderson Martins não é considerada simples, já que o Vasco tem relação muito próxima com Carlos Leite, agente do zagueiro. Outro ponto é a pedida salarial: em 2014, ele tinha salários acima de R$ 500 mil, um patamar que também assusta a direção vascaína nas conversas iniciadas. Para voltar ao Corinthians, Anderson dificilmente conseguiria manter os vencimentos que tinha na Ásia e no próprio Parque São Jorge. 

Da passagem anterior, aliás, há uma dívida importante. Segundo o próprio balanço patrimonial do Corinthians, Anderson Martins tem R$ 1,3 milhão em direitos de imagem atrasados para receber, uma pendência que já foi maior, mas não foi saldada após praticamente três anos. 

Adquirido em 2014 a pedido de Mano Menezes, Anderson Martins teve dificuldades iniciais de adaptação ao Corinthians, mas terminou aquela temporada em alta como parceiro de Gil. Na reapresentação com Tite para o ano seguinte, clube e ele foram surpreendidos com o chamado do Al Gharafa, equipe a que Anderson pertencia no Catar e requisitou seu retorno – estava emprestado. A comissão técnica apostou as fichas em Felipe, que deslanchou a partir dali.

Comentários