Carille “ganha” elenco com mais um título e é visto como pilar do Corinthians

    O técnico Fábio Carille chegou com moral ao Corinthians pelo sucesso recente, mas já admitiu que encarou dificuldades novas em 2019 com relação aos outros anos de trabalho. Sem ter um trabalho anterior com metade do grupo de jogadores disponível para si, ele penou para implantar seus conceitos, mas hoje já é visto pelos próximos jogadores como pilar fundamental no bom momento corintiano.

    “Acho que ele vem sendo essencial”, comentou o atacante Clayson, um dos nomes “recuperados” pelo treinador e que já conhecia o seu trabalho, como aconteceu, por exemplo, com os zagueiros Henrique e Pedro Henrique. Felizes com a volta do comandante, eles viram os mais novos se impressionarem pela capacidade de Carille em montar o time em momentos decisivos.

    Não foram poucos os atletas que cumprimentaram o treinador pela primeira vez na vida no começo de janeiro. O zagueiro Manoel, o lateral esquerdo Danilo Avelar, o meia Sornoza, dentre outros, ganharam confiança ao ouvirem de Carille, em entrevista, que entregavam coisas novas à equipe. Ramiro, por exemplo, passou boa parte do Paulista no banco de reservas, mas ainda assim não era esquecido.

    Depois da partida contra o Ituano, última da fase de grupos, o comandante citou espontaneamente o ex-gremista como um exemplo de atleta a ser valorizado pelo “caráter”. Bastou os momentos mais decisivos chegarem para ele entrar na semifinal contra o Santos, batendo um dos pênaltis, e ser titular nas duas decisões do Campeonato Paulista.

    “(O Carille) consegue ter a força do grupo, vem montando as estratégias na hora certa. Se eu não me engano no ano passado terminamos bem o Campeonato antes da parada (para Copa do Mundo)”, relembrou Clayson, já visto como “missão cumprida” pela comissão.

    Restam agora alguns nomes recém-chegados a serem incluídos na rotina da equipe. A “fila” tem Bruno Méndez, Marquinhos e Régis, que nem estrearam oficialmente, além de atletas que pediram para ficar no elenco durante o segundo semestre, como o atacante André Luís e o meio-campista Ángelo Araos.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians