Carille vê com naturalidade derrota corintiana e não crê em perda de ritmo

    Em casa, o Corinthians foi surpreendido neste sábado pelo lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO. A derrota por 1 a 0, no entanto, não faz o treinador alvinegro Fábio Carille repensar o seu planejamento na competição. Agora, o técnico vai ter duas semanas para preparar a sua equipe para o clássico com o Santos.

    “Sempre deixei claro que o campeonato vai se definir nas últimas rodadas, o que aconteceu no primeiro turno foi fora do normal. Claro que esses pontos em casa não podemos perder, mas em relação ao ritmo não tem preocupação de cair. O grupo é maduro e vamos trabalhar para o clássico com o Santos”, disse Carille.

    Na partida deste sábado, o treinador teve alguns desfalques. O atacante Jô e Romero cumpriram suspensão automática por receber o terceiro cartão amarelo, Arana e Balbuena estavam lesionados.

    “A questão de ansiedade para atacante é normal, como no caso do Kazim. O Clayson que já participou bastante das partidas e fez bons jogos. É muito difícil substituir o melhor lateral do Campeonato Brasileiro, como aconteceu no caso de Moisés. É claro que ele ficou abaixo. Para o Kazim falta de ritmo, ansiedade. Já o Pedro na zaga jogou bastante e mostrou que pode nos ajudar”, afirmou Carille.

    O fato de o Corinthians ter criado muito mais do que o adversário e não ter conseguido converter em gols também não preocupa o treinador. “O futebol se resume em gols. Criamos oportunidades e, se você faz o gol, o jogo muda. Depois, levamos o gol no começo do segundo tempo, tentamos as mudanças, mas não fomos felizes nas conclusões.”

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (1)

    1. Corinthians com a barba de molho. Abre o olho. Já não é normal a segunda derrota, os caras estão sem um esquema de jogo.

    Comments are closed.