Cássio pega pênalti, Corinthians bate Grêmio no Sul e dispara na liderança

    Um jogo com jeito de decisão terminou com vitória do líder do campeonato. Neste domingo, em Porto Alegre, o Corinthians ignorou a pressão e conseguiu derrotar o Grêmio por 1 a 0. Jadson marcou o único gol do confronto e Cássio, nos minutos finais, defendeu um pênalti cobrado por Luan.

    Com a vitória fora de casa em jogo válido pela décima rodada, o Corinthians abriu quatro pontos de vantagem na liderança – o time paulista soma 26 pontos, contra 22 do Grêmio. O Palmeiras, terceiro colocado, tem 16 pontos.

    Na próxima rodada, o Corinthians receberá o Botafogo em Itaquera. O jogo será disputado no domingo – antes, o time paulista viaja à Colômbia para enfrentar o Patriotas pela Copa Sul-Americana. O Grêmio, por sua vez, jogará contra o Palmeiras fora de casa pelo Brasileirão no sábado e diante do Atlético-PR pela Copa do Brasil, em Porto Alegre, na quarta-feira. 

    O melhor: Paulo Roberto e Cássio

    Jeferson Guareze/AGIF

    Escalado na vaga do suspenso Gabriel, o volante corintiano cumpriu seu papel defensivo no meio-campo e também destacou-se nas jogadas de ataque. Em duas descidas, criou as melhores chances do Corinthians – em uma delas, Jadson balançou a rede. O goleiro, por sua vez, além de defender o pênalti, fez uma grande defesa logo após o Corinthians abrir o placar.

    O pior: Marcelo Grohe e Luan

    Embora tenha feito grande defesa em chute de Paulo Roberto no primeiro tempo, o goleiro do Grêmio falhou em um lance capital. No lance do gol corintiano, Grohe viu a bola passar entre as suas pernas no meio do gol. Já o meia-atacante desperdiçou as duas melhores chances gremistas no jogo – uma delas em um pênalti mal batido.

    Paulo Roberto cria grande chance no começo

    O volante quase abriu o placar, mas viu o goleiro Marcelo Grohe fazer grande defesa aos 11 minutos. O corintiano aproveitou a saída errada da defesa gremista, avançou, invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. O arqueiro espalmou para o lado. Na sequência, Cortez afastou para escanteio antes da chegada de Jadson.

    Grêmio responde com Pedro Rocha e Geromel

    O time gaúcho conseguiu assustar o Corinthians pela primeira vez aos 20. O atacante aproveitou um espaço deixado pelo meio-campo corintiano e arriscou de longe. Cássio esticou-se e jogou a bola para escanteio. Dois minutos depois, Geromel completou cruzamento pela esquerda e mandou rente à trave.

    Primeiro tempo estudado e com poucas faltas

    VINíCIUS COSTA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Os primeiros 45 minutos da partida tiveram concentração de lances pelo meio-campo. A posse de bola foi praticamente a mesma: 51% para o Grêmio, contra 49% do Corinthians. Poucas faltas foram marcadas: apenas 13, oito gremistas e cinco corintianas – Kannemann e Rodriguinho receberam cartão amarelo por reclamação. Na etapa final, o jogo ficou mais pegado: cinco jogadores foram advertidos com amarelo.

    Após nova jogada de Paulo Roberto, Jadson faz 1 a 0

    Nos primeiros minutos da etapa final, o volante corintiano reeditou a jogada feita no começo da partida. Novamente pela esquerda, Paulo Roberto invadiu a área. Dessa vez, porém, cruzou rasteiro. A bola passou por Jô e sobrou limpa para Jadson, que chutou no meio do gol, Grohe falhou no lance e viu a bola entrar.

    Cássio opera milagres

    Jeferson Guareze/AGIF

    O goleiro corintiano salvou o Corinthians ao defender um chute de Luan à queima-roupa aos 20 minutos do segundo tempo. No lance, Pedro Rocha achou espaço para o cruzamento pela esquerda. O craque do Grêmio recebeu na pequena área e finalizou para o gol. Nos minutos finais, o arqueiro ainda defendeu um pênalti cobrado por Luan.

    Mais de 54 mil torcedores na Arena do Grêmio

    ROBERTO VINÍCIUS/ESTADÃO CONTEÚDO

    O jogo que valia a liderança do Brasileirão após 10 rodadas acabou marcada também pela ótima presença de público, o recorde do Brasileirão. Mais de 54 mil torcedores assistiram à partida na arena gremista. Somente uma partida até então tinha alcançado tal marca: o empate por 1 a 1 entre Flamengo e Atlético-MG no Maracanã, logo na primeira rodada.

    Grêmio perde invencibilidade em casa

    Depois de 18 jogos, o Grêmio perdeu a invencibilidade como mandante. A primeira derrota na Arena encerrou a série de sete vitórias consecutivas que existia desde abril. Em 2017, o Tricolor acumula 13 triunfos ao lado do seu torcedor com mais cinco empates e agora o primeiro tropeço. Justamente para o líder do Brasileirão.

    Primeiros pontos pelo Brasileiro na nova casa do rival

    O Corinthians visitou o Grêmio pela quinta vez pelo Brasileirão desde que o clube deixou de jogar no Olímpico. Neste domingo, o time paulista conseguiu somar os primeiros pontos – os gremistas venceram os outros quatro jogos, além de eliminar os corintianos nos pênaltis na Copa do Brasil 2013.

    FICHA TÉCNICA

    GRÊMIO 0 x 1 CORINTHIANS

    Data: 25 de junho de 2017 (domingo)
    Horário: 16h (de Brasília)
    Competição: Campeonato Brasileiro (10ª rodada)
    Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
    Público pagante: 50.116 (pagante: 54.022) 
    Renda: R$ 2.093.208,00
    Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
    Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)
    Cartões amarelos: Kannemann, Edílson e Geromel (Grêmio); Rodriguinho, Cássio, Romero e Jô (Corinthians)

    Gol: Jadson, aos seis minutos do segundo tempo.

    GRÊMIO: Marcelo Gröhe; Edílson (Everton), Geromel, Kannemann e Cortez; Arthur (Fernandinho) e Michel; Ramiro, Luan e Pedro Rocha (Fernández); Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

    CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Paulo Roberto (Camacho) e Maycon; Jadson, Rodriguinho (Marquinhos Gabriel) e Romero; Jô.Técnico: Fábio Carille

    Veja Também

    Comments (5)

    1. Avatar
      Wheliton Penha

      É nois buceta

    2. Avatar
      Vinicius Renan

      Caaaaaaaaaassiiiioo

    3. Avatar
      Aldiberto Correa

      Aqui é timão !!

    4. Avatar
      Flávia Sampaio

      Cassio o melhor.

    5. Avatar
      Felipe Mendes

      Rodriguinho horrivel !!!

    Comments are closed.