Cinco motivos: veja por que o Corinthians aposta na contratação de Jonathas

    Quem pensou que a busca do Corinthians por um camisa 9 havia se encerrado com a contratação de Roger, em abril, se enganou. O Timão está próximo de fechar com o atacante Jonathas por empréstimo de um ano do Hannover, da Alemanha.

    O interesse no jogador de 29 anos não significa insatisfação com Roger, muito menos que o Corinthians esteja com dinheiro de sobra.

    Abaixo, o GloboEsporte.com apresenta cinco dos principais motivos que levaram a diretoria alvinegra a avançar no negócio. Confira:

    Oportunidade de mercado

    A diretoria do Corinthians encara a chegada de Jonathas da mesma forma que via a possibilidade de contratar Alex Teixeira, do Shakhtar Donetsk, no começo do ano. Quem não se interessaria em ter por empréstimo gratuito um atleta que custou mais de R$ 30 milhões há um ano?

    O Hannover pagou 8 milhões de euros ao Rubin Kazan, da Rússia, para ter o atacante em 2017. Porém, o jogador não foi bem em sua primeira temporada, tendo sofrido com lesões e feito apenas 13 partidas.

    Como está próximo de acertar com outros reforços para o ataque, o clube alemão está disposto a liberar Jonathas para abrir espaço no elenco e aliviar a folha salarial.

    Elenco

    Duas das três opções de centroavante do elenco corintiano são vistas com desconfiança: Kazim e Matheus Matias.

    O “Gringo da Favela” não agradou nas oportunidades que teve e, com mais seis meses de contrato, foi liberado para ouvir propostas de outros clubes.

    Já o ex-jogador do ABC, que completou 20 anos na última terça-feira, ainda é visto como inexperiente. O Timão já cogitou até mesmo deixá-lo na equipe sub-20 para ganhar bagagem e ritmo de jogo.

    Além disso, Roger agradou nas partidas que jogou, mas está longe de ser titular absoluto.

    Jonathas - HannoverCalendário

    O segundo semestre do Corinthians será intenso. O clube ainda tem 26 rodadas do Brasileirão a disputar e está nas quartas de final da Copa do Brasil (contra a Chapecoense) e nas oitavas de final da Libertadores (contra o Colo-Colo, do Chile).

    A comissão técnica sabe que os jogadores não conseguirão atuar em todas as partidas. Assim, como Kazim e Matheus Matias não transmitem confiança, Osmar Loss poderia ser forçado a mudar o esquema tático da equipe quando não contasse com Roger.

    Ou seja, é necessário não só qualidade, mas também quantidade!

    Fé na recuperação

    Jonathas enfrentou muitos problemas na última temporada. Além de três lesões sofridas, ele teve crises de enxaqueca que o afastaram dos gramados.

    O Corinthians acredita que tem estrutura e profissionais capazes de recuperar o jogador, que vem fazendo trabalhos com um preparador físico enquanto curte férias em Minas Gerais.

    Qualidade

    Embora evite dar a contratação de Jonathas como certa, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, não esconde a empolgação com a a possível chegada do jogador:

    – Ele sempre interessou, é ótimo jogador!

    O atacante já esteve na mira do Timão há três anos, quando ainda jogava no Elche, da Espanha. A contratação dele foi avalizada pelo Centro de Inteligência de Futebol (CIFUT) do clube.

    Jonathas agrada pelo seu poder de finalização e sua força física. Embora seja um centroavante, ele não se limita a jogar dentro da área e, após oito temporadas na Europa, adquiriu maior entendimento tático.

    Veja Também