Clayton posta mensagem a corintianos e diz que não houve fracasso; veja

O atacante Clayton usou uma rede social para se despedir do Corinthians nesta quarta-feira. Emprestado pelo Atlético-MG em troca pelo meia Marlone, o jogador foi pouco aproveitado por Fábio Carille e retornou ao clube de Belo Horizonte a pedido de Rogério Micale.

Apesar de encerrar a sua trajetória como corintiano com apenas dois gols marcados em 14 jogos disputados, Clayton demonstrou orgulho por ter defendido o líder do Campeonato Brasileiro. O jogador afirmou se sentir com “a certeza de dever cumprido”, apegando-se ao título paulista conquistado no primeiro semestre e à destacada campanha na competição nacional para valorizar a sua passagem.

“Agradeço ao Corinthians por todo o suporte e a confiança depositada no meu trabalho, aos meus companheiros de time, à comissão técnica e a todos os profissionais do clube. Para muitos, pode parecer um fracasso ficar apenas cinco meses em uma equipe, mas, para mim, pessoalmente e profissionalmente, foi uma experiência muito enriquecedora”, escreveu Clayton.

Veja a programação do FOX Sports

O atacante reconheceu, contudo, que poderia ter se saído melhor no Corinthians. “Mas nem tudo é da forma que planejamos. O time está numa fase excelente, e não tive tantas oportunidades”, argumentou, assegurando estar motivado para defender novamente o Atlético-MG.

Nos últimos dias, as publicações de Clayton nessa mesma rede social recebiam uma série de críticas de torcedores do Corinthians, incomodados com o seu mau rendimento. Nesta tarde, prevaleceram os desejos de sorte na sequência da temporada.

Clayton esteve envolvido em uma polêmica no mesmo dia em que sacramentou o seu retorno antecipado ao Atlético-MG. Após levar um drible entre as pernas do jovem volante Warian, em treinamento realizado no CT Joaquim Grava, ele foi displicente na marcação e acabou insultado, aos palavrões, pelo volante Fellipe Bastos.

Saiba mais:

Diego Costa elogia torcida do Flamengo

PSG pode liberar três por Mbappé

“Copa do Brasil é a cara do Cruzeiro”

Notícia Anterior

“Ânimo pros secadores”: Corinthians não terá dupla letal no próximo jogo

Próxima Notícia

Corinthians admite ainda não ter pago Oswaldo; ex-auxiliar aciona a Justiça