Clube búlgaro exige dinheiro e deixa Corinthians pessimista sobre Cicinho

    • Divulgação/Ludogorets

    A negociação do Corinthians pelo lateral Cicinho não avançou nesta semana e já é praticamente dada como encerrada, sem um desfecho positivo.  

    Em resposta à solicitação por empréstimo de um ano, o Ludogorets-BUL exigiu que o Corinthians fizesse uma aquisição em definitivo. A hipótese é descartada pela direção corintiana. 

    Sem recursos para investir após assumir a compra do meia Clayson por R$ 3,5 milhões, o Corinthians prioriza a aquisição do zagueiro Pablo em definitivo. Fora isso, reforços que chegarem, provavelmente, não serão comprados. 

    Sem o lateral direito de 28 anos, o Corinthians analisa a possibilidade de investir em um novo nome, mas também se anima pelo retorno de Léo Príncipe para os próximos dias. O jovem das divisões de base agradou em atuação no Chile, justamente onde se machucou, e pode receber novas oportunidades. 

    Veja Também