Com Jô, Corinthians tem artilheiro do Brasileirão pela primeira vez na história

    Pela primeira vez na história, o Sport Club Corinthians Paulista tem um artilheiro do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (03), a edição da temporada 2017 da competição foi encerrada. Mesmo sem entrar em campo no jogo contra o Sport, por conta do nascimento do filho, o atacante Jô terminou o torneio como o jogador que mais balançou as redes adversárias, empatado com o também atacante Henrique Dourado, do Fluminense.

    Nas 38 rodadas do campeonato, Jô entrou em campo pelo Corinthians em 34 e anotou 18 gols. Com esse desempenho e participações importantes em inúmeros outros lances, o atacante corinthiano foi fundamental para a conquista do heptacampeonato brasileiro.

    Histórico da luta pela artilharia

    Nas 46 edições anteriores do Campeonato Brasileiro, os atacantes do Corinthians chegaram perto da artilharia da competição em algumas oportunidades. Em 1971, na primeira vez que o torneio foi disputado, o Timão teve dois dos três principais goleadores do torneio: Dadá Maravilha, do Atlético-MG, marcou 15 gols; Mirandinha e Rivellino, do Coringão, anotaram 11 e 10, respectivamente.

    Em 1990, ano que marcou o primeiro título do Brasileirão do Corinthians, Neto anotou nove gols. Charles, do Bahia, fez 11 e foi o goleador máximo. Outros dois ídolos da história corinthiana também ficaram a apenas dois tentos da artilharia: Marcelinho fez 19 em 1998; e Tevez anotou 20 em 2005.

    Jô, um cara na história do Coringão

    Primeiro artilheiro do Corinthians do Brasileirão, Jô tem outros feitos com o manto alvinegro. O atacante é o atleta mais novo da história a defender a equipe profissional do Timão. Ele tinha apenas 16 anos, três meses e 26 dias quando estreou com o manto alvinegro – vitória sobre o Guarani por 1 a 0, no dia 19 de julho de 2003.

    Jô também é o mais novo a balançar as redes pelo Timão. Com 16 anos, quatro meses e quatro dias, o atacante marcou o terceiro gol da vitória sobre o Internacional por 3 a 1 no Pacaembu, pelo Brasileirão 2003.

    Em duas passagens pelo Corinthians (2003/05 e 2007), Jô tem 179 jogos disputado, 43 gols marcados e três títulos conquistados (Campeonato Brasileiro 2005 e 2017; Campeonato Paulista 2017).

    Veja Também