Com vantagem sob risco, Corinthians tem sequência ‘de fogo’ no Brasileirão

    A derrota para o Bahia no último domingo (15) ligou o alerta no Corinthians. Além do risco de ter a vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro ser reduzida de dez para sete pontos ao término da 28ª rodada, o time do Parque São Jorge passará por uma maratona “de fogo” – e decisiva – na sequência da competição: confronto direto pela ponta da tabela, jogos fora de casa e um clássico.

    O primeiro “teste” acontecerá já na próxima quarta-feira, diante do Grêmio, em Itaquera. A equipe gaúcha venceu na última rodada e renovou as esperanças pelo título. Nove pontos atrás do Corinthians, o time de Porto Alegre pode reduzir para seis a desvantagem para o líder caso leve a melhor no confronto direto.

    Depois disso, o Alvinegro faz duas partidas fora de casa – contra Botafogo e Ponte Preta – antes do dérbi contra o Palmeiras. O clássico pode ser jogo-chave para o Corinthians na caminhada em busca do heptacampeonato.

    “A decisão vem desde o primeiro jogo. Quem quer conquistar, tem que encarar assim. Já sabíamos que o jogo de quarta (contra o Grêmio) seria muito importante. Primeiro por ser em casa, depois por ser um concorrente ao título”, frisou o técnico Carille ao comentar os próximos compromissos da equipe.

    “O importante é ganhar e nos manter lá em cima. Continuamos com uma vantagem boa. Temos um confronto direto com o Grêmio em casa, e podemos aumentar essa distância. Está chegando na reta final, está afunilando”, completou o goleiro Cássio.

    No primeiro turno, o confronto entre Corinthians e Grêmio, pela 10ª rodada, também chegou a ser apontado como “final”. Na ocasião, o time paulista aumentou para quatro pontos a vantagem na liderança em relação aos gaúchos após vencer por 1 a 0.

    Às vésperas de mais um duelo direto, elenco comandado por Carille tenta não dar importância especial a adversários específicos e busca uma sequência positiva para recuperar tranquilidade na reta decisiva. Após passar o primeiro turno inteiro invicto, a equipe já sofreu quatro derrotas na segunda metade da competição.

    “Os próximos dez jogos são importantes. É jogo a jogo, é difícil ficar projetando. Lógico que a ansiedade toma conta, mas sempre o próximo jogo é o mais difícil. A gente tem sempre que respeitar qualquer adversário, independentemente da posição que esteja. É importante frisar que a gente tem a vantagem, mas precisamos ligar o alerta para poder melhorar”, destacou o atacante Jô.

    O Corinthians lidera o Brasileirão com 58 pontos, seguido de Grêmio (49) e Santos (48). O time da Vila Belmiro, no entanto, pode diminuir a diferença nesta segunda-feira diante do Vitória, no Pacaembu.

    Veja Também

    Comments (1)

    1. Se perdermos pro Grêmio e pro Palmeiras já era a nossa vantagem é que vai ser na Arena se pipocar ferrou 😢

    Comments are closed.