Gustavo - Isaac - Corinthians

    Como explicar a diferença de status entre Gustavo e Isaac no Corinthians?

    Gustavo Henrique da Silva Sousa, 22 anos – Atacante, descoberto em peneira do Taboão da Serra aos 20 anos e artilheiro da Copa São Paulo de Juniores de 2014, com nove gols marcados. Passou por Criciúma, Resende-RJ (empréstimo), Tubarão-SC (empréstimo) e Nacional (POR) (empréstimo). Comprado pelo Corinthians, em agosto de 2016, por R$ 4 milhões. Novo camisa 9 do Timão.

    + Veja o que disse Gustavo em sua apresentação

    Isaac Oliveira Padro, 21 anos – Atacante, descoberto após testes no time infantil do Botafogo-SP, aos 15 anos, e artilheiro da Copa São Paulo de Juniores de 2015, com oito gols marcados. Emprestado pelo clube de Ribeirão Preto ao Corinthians em agosto de 2015, de forma gratuita e com direitos fixados em R$ 700 mil para janeiro de 2017. É o camisa 28 do Timão, nunca jogou.

    Gustavo e Isaac foram os goleadores do principal torneio nacional de base nas últimas temporadas e são jogadores do Corinthians atualmente. Mesmo com tantas semelhanças, a diferença de status entre eles é imensa. O ex-jogador do Criciúma mal pisou no CT Joaquim Grava e já tem a estreia aguardada para o jogo de quinta-feira, contra o Sport. Enquanto isso, o segundo ficaria realizado se fosse pelo menos relacionado para a partida – seria sua terceira vez em mais de um ano de Corinthians. O que explica?

    Ambos tiveram diferentes concepções de condução da carreira. O Corinthians chegou a abrir negociação para contratar Gustavo ainda em 2014, mas as pessoas que trabalhavam com o atacante entendiam que seria pressão demais defender um clube grande tão cedo – sem contar que o jogador teria poucos meses de base, e precisaria logo ficar no time profissional. Ou então ser emprestado, liberado, negociado… Assim, o estafe de Gustavo preferiu mandá-lo primeiro a um clube sem tanta pressão, que foi o Criciúma, onde ele aprimorou fundamentos e se destacou.

    Com Isaac foi diferente. O destaque do Botafogo-SP saiu de seu clube de origem direto para o Corinthians, e com poucos meses a mais de categorias de base. Ficou no profissional, sempre à espera de uma brecha que jamais apareceu. Ele foi relacionado duas vezes por falta de opção, mas mesmo diante de improvisações como centroavante, não jogou. Ainda assim, aprimorou-se e tem até certo destaque na rotina de treinamentos em certos dias.

    O Corinthians não sabe explicar exatamente as razões pelas quais Isaac nunca jogou. O garoto é esforçado, não tem problemas disciplinares e taticamente se adapta bem às exigências. É que a chance nunca apareceu. Certo é que o garoto pode não ter se destacado no futebol profissional como Gustavo, mas também não “perdeu tempo” neste ano de trabalho. Isaac está pronto, basta precisarem dele.

    O x da questão é que Isaac não é do Corinthians. Está emprestado. Colocar o garoto em campo e vê-lo se dar bem é criar a obrigatoriedade de compra dos direitos econômicos pertencentes ao Botafogo-SP. O Timão não pagou nada até agora, e se mantiver o atacante no limbo não precisará investir nada ao fim do empréstimo.

    Com Gustavo é diferente. Depois de saídas de alguns jogadores era meio que “obrigatório” reforçar o setor ofensivo. O jogador do Criciúma era destaque, não custou muito caro, tinha boas credenciais e veio em bom momento para se firmar. Se der certo, a diretoria do Corinthians ganhará elogios pela excelente aposta. Se não der a culpa será do garoto, que não aproveitou sua chance.

    Isaac foi uma aposta sem risco. Ou seja, não faz diferença para o Corinthians se ele jogar ou não. Gustavo foi outro tipo de aposta, em que há risco envolvido. Um jogar e outro não pode ter muito mais a ver com questões externas do que do campo.

    Veja Também

    Comments (12)

    1. Avatar
      Itamar Bazan de Almeida

      O torcedor corinthiano também não tem paciência com jogador da base… muitos jogadores q posteriormente fizeram sucesso em outras equipes e no Corinthians eram vaiados como Everton Ribeiro e outros…

    2. Avatar
      Marcio Vieira

      Não tem explicação essa diretoria incompetente não dá chance pra base e vende os garotos a preço de banana porisso vive quebrado canbada de fdp

    3. Pergunta para esse fpd do presidente…

      • Avatar
        Laércio Fernando

        Isto é Terrível com os Nossos Garotos.Ainda mais , quando os Nossos Rivais põem os Jovens garotos pra Jogar.Kanbada de FDPs

    4. Avatar
      Elias Lima

      A base do timão serve apenas como moeda de troca , onde os empresários mandam e esse presidente vagabundo não é homem suficiente pra acabar com essa palhaçada

    5. Avatar
      Elton Ferreira

      a diferença eu nao sei,mas a semelhança é o banco

    6. Avatar
      Iverson Reis

      Esses FDP

    7. Avatar
      André Sanchez

      Jogador não devia ter empresário

    8. Avatar
      Werlei Antonio Lisboa

      Eu nao sei porque esses incopetentes nao coloca o isaac pra jogar o cara era matador na base ele nao desaprendeu nao so precisa de uma chance

    9. Avatar
      Jonas Paiva Cp

      O único time paulista que não aproveita os mlkes da base e o Corinthians!! Muita raiva disso

    10. Avatar
      Rafael Cajueiro Leite Cajueiro Sccp

      A explicação é que o CORINTHIANS não valoriza ninguém da base! Quando não vende a preço de banana,empresta ou deixa esquecido no banco só pra completar treinamento!

    11. Avatar
      Emerson Dantas

      tem que dar mais oportunidade para a mulequada o Isaac joga bem pra caramba, sabe fazer gol e nunca teve oportunidade!

    Comments are closed.