Corinthians arranca empate com novato colombiano e salva sequência invicta

    • AFP PHOTO / Luis Acosta

      Corinthians arrancou um empate nos minutos finais da partida

      Corinthians arrancou um empate nos minutos finais da partida

    O Corinthians enfrentou mais dificuldades que previa na noite desta quarta-feira, na Colômbia, e arrancou um empate por 1 a 1 com o Patriotas nos acréscimos do jogo válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Gómez abriu o placar para os colombianos. Balbuena fez de cabeça para o time alvinegro.

    Com o empate, a equipe de Fábio Carille alcançou a marca de 24 jogos sem perder em 2017. Para garantir uma vaga nas oitavas de final da competição, o Corinthians precisa de uma vitória simples no jogo de volta. O jogo está marcado para o dia 26 de julho, na Arena Corinthians.

    O Corinthians volta a campo no próximo domingo, contra o Botafogo, em Itaquera – o duelo é válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Até a partida de volta contra o Patriotas, a equipe alvinegra disputará mais cinco partidas pela competição.

    Corinthians salva invencibilidade

    AFP PHOTO / Luis Acosta

    O empate na Colômbia manteve a série invicta corintiana. A equipe paulista não perde há 24 jogos, desde o dia 19 de março (vitória da Ferroviária por 1 a 0 em Araraquara). A sequência teve 14 triunfos e dez empates.

    Time entra em campo com quatro reservas

    AFP PHOTO / Luis Acosta

    Desgastado pela sequência de jogos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians iniciou o confronto com quatro reservas: Moisés, Camacho, Marquinhos Gabriel e Kazim. Maycon, Jadson e Jô nem viajaram à Colômbia. O trio, além do lateral esquerdo, devem enfrentar o Botafogo no próximo domingo – o time, em contrapartida, não terá Romero, suspenso.

    Patriotas domina ações no primeiro tempo

    AFP PHOTO / Luis Acosta

    Apoiado no toque de bola pelo meio-campo, a equipe colombiana conseguiu criar as melhores chances da etapa inicial. O gol marcado pelo Patriota saiu depois de um cruzamento pela direita, no setor de Moisés. Gómez recebeu sem marcação e bateu rasteiro no meio do gol. Cássio viu a bola desviar na zaga e não conseguiu fazer a defesa.

    Altitude colombiana e campo largo

    A partida válida pela segunda fase da Copa Sul-Americana foi disputada na cidade de Tunja, localizada a 2.800 metros de altura. Em alguns lances, os corintianos pareciam sentir a altitude. Os jogadores corintianos, além disso, reclamaram da largura do campo. Segundo eles, maior que a dos campos brasileiros. A pressão da torcida, por sua vez, não foi um problema, pois cerca de 10 mil pessoas assistiram ao duelo.

    Time brasileiro volta a sair atrás no placar

    AFP PHOTO / Luis Acosta

    O Corinthians de Carille voltou a sair atrás no marcador depois de 91 dias. Na última vez, o time alvinegro conseguiu empatar o confronto com o São Paulo no Morumbi, pela fase de grupos do Paulistão. Depois, disputou 21 partidas, com 14 vitórias e sete empates.

    Mudanças no segundo tempo

    Apático em campo, o Corinthians teve três substituições durante os 45 minutos finais. Primeiro, Giovanni Augusto entrou no lugar de Marquinhos Gabriel. Depois, Fábio Carille colocou o atacante Clayton na vaga do volante Gabriel.  

    Gritos de olé

    AFP / Luis Acosta

    Aos 20 minutos do segundo tempo, quando o Patriotas tocava a bola no meio-campo, alguns espectadores presentes ao Estádio La Independencia passaram a gritar olé. A empolgação, entretanto, logo passou.

    Rasgou a camisa

    AFP PHOTO / Luis Acosta

    Uma cena curiosa marcou os primeiros minutos do jogo. Kazim, de volta à equipe titular, teve sua camisa rasgada em uma disputa de bola. O estrago foi tamanho que foi necessário trocar o uniforme à beira do campo.

    FICHA TÉCNICA

    PATRIOTAS 1 x 1 CORINTHIANS

    Data: 28 de junho de 2017, quarta-feira
    Horário: 21h45 (de Brasília)
    Competição: Copa Sul-Americana (partida de ida da segunda fase)
    Local: Estádio La Independencia, em Tunja (Colômbia)
    Árbitro: Mario Díaz de Vivar (Paraguai)
    Auxiliares: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (ambos do Paraguai)
    Cartões amarelos: Ibargüen, Carreño e Rodríguez (Patriotas); Fagner (Corinthians)

    Gola: Gómez, aos 30 minutos do primeiro tempo, e Balbuena, aos 47 minutos do segundo tempo.

    PATRIOTAS: Villete; Pretel (Murillo), Arboleda, Cabezas e Carreño; Larry Vásquez e Robayo; Mosquera, Omar Vázquez e Gómez (Rodríguez); Ibargüen (Valoyes). Técnico: Diego Corredor.

    CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel (Clayton) e Camacho (Fellipe Bastos); Marquinhos Gabriel (Giovanni Augusto), Rodriguinho e Romero; Kazim. Técnico: Fábio Carille.

    Veja Também

    Comments (10)

    1. Avatar
      Clodoaldo Guimaraes

      Esse patriotas é bom ou o Corinthians q jogo nada hoj?

    2. Avatar
      Evandro Damasceno

      Tiriça desgraçada

    3. Avatar
      Janismar Rodrigues Cunha

      O tal de kazin tem que jogar é na série B.

    4. Avatar
      Janismar Rodrigues Cunha

      Quase a vaca ia pro brejo. Hoje foi a pior partida do timão no ano. Quem concorda. ?

    5. Avatar
      Victor da Stéfani

      Horrível

    6. Avatar
      Thiago Albuquerque

      Tambem jogamos com menos um….esse tal de kazim…ho jogadorzinho ruim da merda…

    7. Avatar
      Pablo Paulino Carvalho
    8. Avatar
      Pablo Paulino Carvalho
    9. Avatar
      Wilder Neves Moura Neves

      Que sufoco do caralho.

    Comments are closed.