Osmar Loss - Jogadores - Corinthians

    Corinthians e Santos se enfrentam em busca de “paz” na temporada

    Em meio a um hiato pouco decisivo para equipes que têm mata-matas em copas no segundo semestre, mas importante para quem quer seguir na briga também no Campeonato Brasileiro, Corinthians e Santos se enfrentam na noite desta quarta-feira, às 21h (de Brasília), na Arena Corinthians, com o objetivo de não deixar os líderes da competição abrirem, até a para da para a Copa do Mundo, uma distância irrecuperável no segundo semestre.

    Duelo com rivalidade histórica, o encontro vai reunir duas equipes longe do melhor ponto que já atingiram nesta temporada, a começar pelo mandante. Sem poder contar com seis titulares e ainda procurando uma reestruturação após a repentina saída de Fábio Carille do comando da equipe, o Corinthians tenta fazer seu primeiro grande resultado sob a batuta de Osmar Loss, ex-auxiliar e substituto do novo treinador do Al Wehda, da Arábia Saudita.

    Desde que assumiu o comando do Alvinegro, Loss já acumulou três derrotas e apenas uma vitória, obtida na semana passada, contra o América-MG, sem grande desempenho. O inesperado começo ruim, principalmente levando em conta o bom trabalho deixado por Carille, transformou o clássico em um ponto importante para o Timão. Uma vitória sobre um rival pode dar a tranquilidade esperada para o clube do Parque São Jorge se reorganizar.

    “As vitórias aumentam a confiança, ajuda a gente a escolher melhor. Em relação a temor, insatisfação ou até mesmo receio de alguma situação, não. Eu estou muito satisfeito com o desempenho dos atletas e com a dedicação deles”, disse o treinador após a derrota para o Flamengo, no Maracanã.

    Em campo, ele não poderá contar com o meia Jadson, que sofreu um estiramento muscular contra os cariocas e só volta após a Copa do Mundo. Além dele, seguem fora os titulares Cássio e Fagner, a serviço da Seleção, Ralf, em recuperação de uma lesão no ombro esquerdo, e Clayson, em recuperação de uma cirurgia no joelho direito. Romero, por outro lado, deve voltar à equipe após superar um estiramento na coxa esquerda.

    Do outro lado, em busca de um reinício na temporada depois de pacto feito em reunião dos jogadores, o Santos quer repetir a boa atuação da goleada por 5 a 2 sobre o Vitória, no último domingo, na Vila Belmiro. O técnico Jair Ventura deve escalar o mesmo time, com Diego Pituca, Renato e Jean Mota no meio e Bruno Henrique como opção no banco de reservas.

    “Clássico é muito importante, peso é maior. E a vitória é obrigação na vida do treinador. Não fizemos mais do que a obrigação antes. E temos que continuar fazendo a obrigação. Corinthians é um time que joga em casa, com trabalho definido desde a Era Mano e Tite. Santos tem sua força e vamos em busca da vitória”, disse o técnico Jair Ventura.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians