UOL Esporte - 07 de dezembro de 2017 às 08:29


O Corinthians espera receber na próxima semana o pagamento da premiação pelo título do Campeonato Brasileiro. Dos R$ 18.069.300,00 que entrarão no cofre alvinegro, cerca de R$ 11 milhões serão repassados a jogadores e comissão técnica por conta da conquista.

De acordo com o diretor de finanças do clube, Emerson Piovezan, já foram acertados os pagamentos de férias e 13º salário ao elenco, que entrou de férias nos últimos dias. A pendência ainda é em relação ao pagamento combinado caso o Corinthianhas fosse campeão brasileiro.

– Já está tudo combinado, todos sabem sobre isso. Devemos receber a premiação na próxima semana – disse Piovezan, ao LANCE!.

E os R$ 7 milhões que restarão do prêmio? Assim como fizeram o presidente Roberto de Andrade e o técnico Fábio Carille, o diretor de finanças descartou grandes investimentos em reforços. Piovezan reforçou que a prioridade é jogadores com pouco custos, como Renê Júnior e Júnior Dutra, que têm contratos encerrados no fim deste mês e assinarão com o Corinthians nos próximos dias.

– Temos que avaliar as situações sempre. A comissão técnica e a diretoria sabem da situação do clube. Eles buscam jogadores, e a gente busca soluções para deixar os pagamentos em ordem- afirmou Piovezan.

Ainda segundo Piovezan, o Corinthians não precisa realizar mais vendas para equilibrar o caixa. Após o fim do Brasileirão, o clube já acertou a negociação de Guilherme Arana ao Sevilla (ESP) e receberá cerca de R$ 20 milhões.

– Nunca podemos contar com o dinheiro de alguma possível venda, só contamos com o que sabemos que vamos receber – justificou Piovezan.

Comentários