Corinthians está a 8 vitórias do título? Time encaminha média dos campeões

    • VINíCIUS COSTA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

      Jô contra o Grêmio: vantagem corintiana é de oito pontos, com um jogo a menos

      Jô contra o Grêmio: vantagem corintiana é de oito pontos, com um jogo a menos

    O Corinthians não entrou em campo no último fim de semana (jogo contra a Chapecoense foi adiado) e, mesmo assim, manteve a vantagem folgada na liderança do Campeonato Brasileiro. Com 47 pontos conquistados no primeiro turno, o time do técnico Fábio Carille encaminhou a busca pela média de vitórias obtidas pelos últimos campeões.

    Nos 19 jogos disputados até aqui, o Corinthians registrou 14 vitórias. Para atingir a média dos campeões, a equipe precisa vencer mais oito confrontos nas próximas 19 rodadas – dessa forma, alcançaria a média dos times que ergueram a taça (22 triunfos).

    No returno do Brasileirão, o Corinthians disputará nove partidas em Itaquera e atuará como visitante em outras dez oportunidades. O primeiro desafio em Itaquera será no próximo sábado, diante do Vitória, que luta contra o rebaixamento. Quatro dias depois, o time enfrenta a Chapecoense em Santa Catarina. Na sequência, o Atlético-GO na Arena Corinthians.

    Alan Morici/Framephoto/Estadão Conteúdo

    Corinthians soma 14 vitórias no Brasileiro

    Os 9 jogos do Corinthians como mandante

    Vitória – 19 de agosto

    Atlético-GO – 26 de agosto

    Vasco – 17 de setembro

    Coritiba – 1º de outubro

    Grêmio – 18 de outubro

    Palmeiras – 5 de novembro

    Avaí – 11 de novembro

    Fluminense – 15 de novembro

    Atlético-MG – 26 de novembro
     

    A conta dos campeões brasileiros 

    O Campeonato Brasileiro passou a ser disputado com 20 clubes em 2006. Dessa forma, os times passaram a disputar 38 partidas durante a competição. Os campeões, somaram, em média, 22 vitórias na campanha e 76 pontos. Relembre alguns casos.

    São Paulo 2006

    Rubens Cavallari/Folha Imagem

    Na primeira edição do Brasileirão com 20 clubes, o São Paulo conseguiu atingir a média exata: 22 vitórias. A equipe tricolor, dirigida por Muricy Ramalho, somou 78 pontos – para se ter uma ideia, o Corinthians de Carille precisaria de 31 pontos para igualar essa pontuação. 

    Flamengo 2009

    Ricardo Nogueira/Folha

    Em 2009, o Campeonato Brasileiro conheceu o campeão com menos pontos somados: o Flamengo, comandado por Adriano e Petkovic, que mostrou uma reação incrível no segundo turno da competição ao superar Palmeiras, Inter e São Paulo. Na ocasião, o time carioca somou 67 pontos, com “apenas” 19 vitórias na campanha. 

    Corinthians 2011

    Fabio Braga/Folhapress

    Há seis anos, sob o comando de Tite, o Corinthians voltou a ser campeão brasileiro. Na trajetória até o título, a equipe alvinegra somou 71 pontos e conquistou 21 vitórias – a equipe atual necessita de mais sete triunfos para alcançar essa marca.

    Cruzeiro 2013

    Pedro Martins/Agif

    O time de Marcelo Oliveira garantiu o título brasileiro depois de alcançar a média exata de pontos dos campeões: 76. Para isso, a equipe mineira venceu 23 partidas na campanha vitoriosa.

    Três campeões incontestáveis

    Pedro Vilela/Getty Images e Paulo Whitaker/Reuters

    Nos últimos três anos, o Brasileirão teve campeões com aproveitamento muito alto – superior a 70%. Cruzeiro, Corinthians e Palmeiras conquistaram 24 triunfos, recorde do campeonato com 20 times. O time alvinegro é dono da melhor campanha, com 81 pontos. Já Cruzeiro e Palmeiras somaram 80 pontos ao fim da competição.

    É possível erguer a taça até com menos pontos

    Ricardo Nogueira/Folhapress

    Embora a média de pontos dos campeões seja de 76 pontos, a pontuação necessária para garantir o título é de 70, considerando a campanha das equipes que terminaram o campeonato na segunda posição.

    O São Paulo, em 2007, por exemplo, garantiu o título com 77 pontos, mas seria campeão com 63. O Santos, vice-campeão brasileiro naquela oportunidade, somou apenas 62 pontos.

    O melhor segundo colocado de todas as edições é justamente o maior adversário do Corinthians em 2017. O Grêmio, na edição 2008, fechou sua participação com 72 pontos e 21 vitórias – na ocasião, o São Paulo levantou a taça. Quatro anos depois, o Atlético-MG somou os mesmos 72 pontos, com 20 triunfos – o Fluminense sagrou-se campeão com 76 pontos e 22 vitórias.

     

    Veja Também