Corinthians 'estreia' no Brasileirão contra o animado Botafogo

    A partida contra o Botafogo, às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Pacaembu, pode ser definida como a “estreia” do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Será a primeira vez em que, com seus titulares, o atual campeão nacional não dividirá atenções com a Copa Libertadores da América, torneio conquistado há exatamente uma semana.

    A dedicação à Libertadores fez com que o Corinthians ficasse para trás na tabela do Brasileirão – a partida contra o Botafogo, inclusive, só foi adiada para a equipe se preparar melhor para a decisão com o argentino Boca Juniors. O time dirigido por Tite tem os mesmos 5 pontos do rival Palmeiras, na penúltima colocação, à frente apenas do Atlético-GO. “Precisamos vencer e sair da zona do inferno”, avisou o técnico.

    Tite sabe que a missão é complicada. O Botafogo não conquistou a Libertadores, mas também entrará em campo bastante motivado. A contratação de Clarence Seedorf reanimou a equipe carioca, que derrotou o Bahia por 3 a 0 (com a presença do meia holandês no Engenhão) na rodada passada e aparece na sétima posição, com 12 pontos ganhos. O objetivo é ingressar no G-4 com uma vitória no Pacaembu.

    “Realmente, existe uma grande motivação para essa partida. Sabemos que ganhar do Corinthians, que atravessa um grande momento, pode nos dar a chance de embalar no campeonato. A competição é longa e há muita coisa pela frente, mas os pontos somados agora fazem diferença depois. Vamos entrar focados em busca do triunfo, mesmo fora de casa e contra um grande adversário”, comentou o técnico Oswaldo de Oliveira.

    O Corinthians, no entanto, novamente estará desfalcado. Os atacantes Emerson e Jorge Henrique foram vetados pelo departamento médico. Liedson, substituto imediato, também não jogará porque ainda não definiu a sua renovação de contrato (o atual vencerá no final do mês). Restou a Tite apostar em Romarinho e Elton no setor ofensivo. Já o zagueiro Paulo André herdou a vaga aberta por Leandro Castán, vendido para a italiana Roma.

    Fora de campo, o Corinthians terá um reforço: a torcida. O confronto com o Botafogo será o primeiro em casa depois da conquista da Libertadores e servirá para entrega de faixas – caberá aos campeões paulista de 1977 prestar a homenagem. “A torcida do Corinthians joga junto e está animada pelo título. Vamos enfrentar muitas dificuldades, mas sabemos que temos condições de fazer um grande jogo e conquistar uma vitória. Vamos pensando nesse resultado”, disse o lateral esquerdo Márcio Azevedo.

    Diante do Corinthians e de sua torcida, o Botafogo não pretendia mudar a formação vitoriosa contra o Bahia. Mas o meia Vítor Júnior está impedido de atuar por questões contratuais (foi emprestado pelo adversário) e dará lugar a Fellype Gabriel, livre de dores no joelho direito. “Não fui questionado sobre essa cláusula do contrato dele, mas prezo pela palavra. Mesmo assim, o Botafogo tem uma grande equipe”, elogiou Tite.

    Reportagem: Gazeta Esportiva

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians