Corinthians paga dívida e tenta parcelamento com Bordeaux para manter Pablo

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      Pablo está entre os destaques do Corinthians e mobiliza direção para permanência

      Pablo está entre os destaques do Corinthians e mobiliza direção para permanência

    O Corinthians se vê cada dia mais perto daquele que é hoje o principal objetivo do departamento de futebol: assegurar a permanência em definitivo do zagueiro Pablo, emprestado pelo Bordeaux-FRA até 31 de dezembro. Dois passos foram dados nos últimos dias. 

    Na última semana, o Corinthians pagou luvas que devia a Pablo desde o princípio da temporada. A quitação desses valores era considerada essencial para que, uma vez fechado um acordo com o Bordeaux, clube e jogador possam firmar um contrato definitivo. 

    O segundo passo foi a presença de Pablo dentro de campo no último domingo, contra o Coritiba. Ao ver seu zagueiro completar o sétimo jogo no Brasileirão, o Corinthians acredita que se encerraram as chances de uma saída para outra equipe do país em 2017. Ao UOL Esporte, há pouco mais de um mês, o empresário de Pablo havia ameaçado interromper a escalação do jogador se a situação não fosse definida. 

    Além do início da conversa com Pablo e a quitação da pendência financeira, o Corinthians segue em conversas com o Bordeaux. Duas hipóteses cogitadas inicialmente estão descartadas: os franceses queriam Guilherme Arana em troca, o que a direção corintiana declinou; os dirigentes alvinegros, por sua vez, queriam utilizar os 15% de uma futura venda que possuem de Malcom como moeda na negociação, o que o Bordeaux já negou. 

    Diante disso, a negociação objetivamente está em torno de uma forma de pagamento que caiba no orçamento do Corinthians. O Bordeaux não abre mão de receber os 3 milhões de euros (R$ 11 milhões) pré-estabelecidos em contrato para deixar os brasileiros com 100% dos direitos econômicos de Pablo. A direção do clube, porém, já se organizou para dispor da quantia que é necessária pelo “reforço”. Na última sexta, rejeitou oferta do Genoa por Balbuena nos mesmos valores.

    Dentro do clube, a ideia é tentar fechar todos os detalhes até o fim de junho, quando a janela de transferências da Europa é oficialmente aberta e o fluxo de negociações cresce bastante. Por contrato, o Corinthians tem o prazo de oito dias para exercer sua opção de compra caso o Bordeaux receba uma proposta de outra equipe por Pablo. O período é considerado seguro para reagir no caso de algum tipo de concorrência. 

    Contratado como aposta em janeiro, o zagueiro que completa 26 anos na próxima quarta virou um dos responsáveis pela temporada de destaque do Corinthians. Pablo só perde para Gabriel e o goleiro Cássio em minutos jogados em todo o elenco corintiano em 2017. 

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians

    Comments (7)

    1. Avatar
      Wilder Neves Moura Neves

      Deixa ele ir embora, por que tem o Delamore da base.

      • Avatar
        Clesio Fernandes Brito

        Sério ?

      • Avatar
        Wilder Neves Moura Neves

        Sério, mas isso se ele tiver na base ainda.

      • Avatar
        Clesio Fernandes Brito

        Na boa , ainda acho muito cru pra ser zagueiro do Corinthians… Talvez o Pedro Henrique esteja mais pronto… Além do mais , na minha modesta opinião, o Pablo joga mais que o balbuena…

      • Avatar
        Wilder Neves Moura Neves

        Eu falo mais isso é por causa da direito que é burra e vai acaba deixando o cara embora.
        Por isso que eu falei aquilo.

      • Avatar
        Wilder Neves Moura Neves

        Por que sempre quando tem um outro time na briga por um jogado a direito do corinthians vai lá e joga a toalha.

      • Avatar
        Wilder Neves Moura Neves

        É maior fraldi essa direito do timão.

    Comments are closed.