Inter 1 x 1 Corinthians

    Corinthians perde chances e fica no empate por 1 a 1 com o Inter

    O Corinthians foi pressionado durante boa parte da partida, mas perdeu algumas grandes chances de saír do Beira-Rio como vencedor após Romero abrir o placar e Rodrigou Dourado deixar tudo igual para os donos da casa. No final, o Alvinegro ficou no empate por 1 a 1 diante do Internacional na noite desta quarta-feira, na partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

    Com o resultado, o Corinthians precisa apenas de um empate sem gols no jogo da volta, marcado para o dia 19, próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio de Itaquera. O Inter, por sua vez, tentará ao menos marcar um gol para assegurar uma vaga nas oitavas de final da competição, já que empate por mais de dois gols á a classificação à equipe. Se houver vencedor, ele se classifica.

    O próximo jogo de ambas equipes, porém, será por seus respectivos campeonatos estaduais. Enquanto os comandados de Fábio Carille abrem a semifinal do Campeonato Paulista diante do São Paulo no domingo, às 19h (de Brasília), no Morumbi, Antônio Carlos Zago e sua trupe recebem o Caxias, no sábado, às 19h (de Brasília), também no Beira-Rio.

    Inter pressiona, mas Timão também leva perigo

    O primeiro tempo da partida no Beira-Rio mostrou um Internacional valorizando bastante a posse de bola e buscando empurrar o Corinthians para dentro da sua área, sempre tentando as jogadas alçando a bola para o centroavante Brenner. Do outro lado, os alvinegros tentaram escapadas rápidas em contra-ataque, sempre com lançamentos para o lado esquerdo, fosse para Marquinhos Gabriel, fosse para Romero.

    O primeiro lance de perigo, por sinal, saiu dos pés justamente dos pontas escolhidos por Fábio Carille para a partida. Marquinhos Gabriel, logo aos três minutos, recebeu na entrada da área, pelo lado esquerdo, e cruzou na marca do pênalti. Carlinhos afastou mal e Romero, livre, pegou de primeira próximo à pequena área. Marcelo Lomba defendeu e, no rebote, saiu para abafar mais uma tentativa do avante corintiano.

    A resposta colorada não tardou a chegar. Após escanteio cobrado dentro da área, a bola acabou sobrando para o zagueiro Victor Cuesta, na pequena área. Ele chutou rasteiro e Cássio fez boa defesa. No rebote, Nico López tentou dar um bico na bola, mas ela rebateu em Arana e ficou tranquila para o goleiro agarrá-la, fazendo os corintianos respirarem aliviados.

    Dali para frente, o jogo transcorreu praticamente todo no campo dos paulistas, que viram Brenner perder duas chances incríveis sem marcação. A melhor oportunidade, porém, veio em cruzamento errado de Edenilson, que só não fez gol porque Cássio se recuperou com um tapinha e mandou a bola na trave. Na única resposta dos visitantes, Maycon pegou sobra de bola dentro da área e exigiu um “milagre” de Lomba.

    Times balançam a rede e Giovanni perde a vitória

    O Corinthians voltou para o segundo tempo com a mesma atitude, mas, dessa vez, conseguiu aproveitar quando criou uma chance de gol. Na sua primeira esticada para o lado esquerdo, Clayton conseguiu dominar e esperou a passagem de Guilherme Arana. Rápido, o canhoto pegou de primeira e cruzou rasteiro na segunda trave. A bola passou por Marcelo Lomba e Romero, de carrinho, empurrou para a rede.

    A vantagem, porém, durou tão pouco que nem deu tempo de os visitantes ficarem confortáveis. Sem deixar a bola sair do seu campo de ataque, o Inter aproveitou um escanteio para cobrar rapidamente com D’Alessandro, apesar das reclamações corintianas que o correto seria um tiro de meta. O argentino acionou Nico López, que cruzou na primeira trave. Rodrigo Dourado aproveitou a desatenção de Pablo, antecipou o zagueiro e mandou para a rede.

    Animado pelo empate, o Inter tentou usar a empolgação da torcida para conseguir a virada, mas esbarrou no nervosismo demonstrado pelos seus homens de frente. O Timão, por sua vez, apostou na entrada de Giovanni Augusto para ser uma espécie de “falso 9”, mais inteiro fisicamente do que Marquinhos Gabriel nas puxadas de contra-ataque.

    Na grande chance para conquistar a vitória, porém, o armador não conseguiu justificar sua confiança em continuar no Corinthians. Após belo passe de Rodriguinho, ele correu o campo inteiro do Inter sem marcação e, cara a cara com Marcelo Lomba, bateu em cima do goleiro colorado, desperdiçando a chance de aumentar ainda mais a vantagem corintiana.

    Veja Também

    Comments (9)

    1. Avatar
      Paganine Alves Oliveira

      Marquinhos Gabriel e Geovane Augusto não dá, a prova foi ontem, um não acerta um passe, teve umas três chances de mano com o marcador e perdeu todas, já o Geovane perdeu um gol que não pode perder, precisando se firmar na equipe perder um gol desses é pedir pra ser vaiado, depois não adianta reclamar na coletiva.

    2. Avatar
      Peterson Luiz

      Vai tudo tomar no cu torcedores do caralho o importante e que o timao saiu com o empate e vai decidir na arena vcs acha que aqui da pro inter vai tudo tomar no cu torcedores modinha caiu ja arena ja era vai ser que nem os bambi quando cair la , Corinthians vai chegar na final do paulista e ta em buscar de chegar na final da copa do brasil ae gem uns cara que nao sabe nada so sabe criticar vai tudo tomar no cu quem e Corinthians de verdade sabe e sofrido mais o importante e o titulo e somos campeoes mundial tmj aqui e Corinthians porra ✌

    3. Avatar
      Vitor Ghiraldeli

      Encerrem imediatamente o contrato desse geovanni Augusto. …hj ele provou que nunca quis jogar no timao…..Eu pago a multa de rescisão contratual dele

    4. Avatar
      Sandra Aparecida

      Na minha opinião esse Carille fala de Evolução;Onde tem Evolução nesse Time? erra passe os 90 minuto de jogo , é ainda o Burro Insite nesse Geovane , é M.Gabriel,Isso é ser bom Técnico? Para né!!

    5. Avatar
      Anderson Matias

      mesmo tendo errado muito, foi um dos melhores senão o melhor jogo do timao na temporada*geovane augusto e marquinhos Gabriel não tem mais solução!

    6. Avatar
      Wellington Pedroso

      Perde chances? Quem perdeu foi o giovane Augusto a resto mérito do lomba

    7. Avatar
      Bruno Inácio

      Pelo amor de Deus, para de insistir em Marquinhos Gabriel e Giovane Augusto, põe a base pra jogar, Jabá tem o drible pelas pontas, até o Marciel quando jogou na ponta esquerda mostrou qualidade.

    8. Avatar
      Leonardo Betzel

      E coloca chance perdida, era pra ter feito pelo menos dois mais falta aquele 9 gol nesse time.

    9. Avatar
      Helio J. Dobrovolsky

      Está errando muitos passes – já está fora do normal.

    Comments are closed.