Corinthians recebe a taça e tenta atrapalhar chances de G4 do São Paulo

    O clássico entre Corinthians e São Paulo não decidirá o campeão brasileiro, como se previu durante algum tempo, mas ainda assim terá bastante importância para as equipes. Mais simbólico para o Timão, que receberá a taça diante do estádio de Itaquera lotado para o duelo, a partir das 17h (de Brasília), o embate poderá marcar um passo essencial ao Tricolor na luta pelo G4 do Brasileiro.

    Com 77 pontos e líder isolado da competição, a única luta dos alvinegros agora é por números melhores, algo que não deve fazer muita diferença para os torcedores. Com as vendas esgotadas desde 15 dias atrás, a Fiel quer um triunfo para poder acolher de braços abertos os campeões, pela primeira vez podendo celebrar uma conquista na ainda nova arena.

    “Não podemos ficar acomodados e pensando apenas na festa. No domingo, tem mais. Será um clássico contra uma grande equipe, e temos que render o melhor futebol possível”, disse o técnico Tite, que abriu mão da força máxima disponível. O zagueiro Gil e os meio-campistas Elias e Renato Augusto, que já atuaram na terça pela Seleção Brasileira e na quinta em São Januário, apresentam um desgaste físico razoável e ganharam folga.

    A parte física, por sinal, também é uma questão a ser discutida no rival do Morumbi. Mesmo sem atletas na equipe de Dunga, os tricolores vêm de uma partida muito movimentada contra o Atlético-MG, que assegurou a conquista antecipada dos corintianos. Frente ao vice-líder do campeonato, os são-paulinos ficaram atrás no placar em duas oportunidades e conseguiram buscar a virada, vencendo por 4 a 2.

    Com 56 pontos, os comandados de Milton Cruz entraram no G4 da competição, feito quase inimaginável para um clube que viu o seu presidente renunciar e já teve quatro técnicos na temporada. Para o São Paulo, uma vaga na Libertadores do ano que vem servirá para coroar a força do clube dentro de campo, mesmo vivendo um dos momentos mais conturbados da sua história.

    Além disso, teria o valor de poder “carimbar a faixa” do rival. “Sabemos o quanto é difícil jogar em Itaquera contra o Corinthians, um time muito bem organizado, bem treinado pelo Tite e que acabou de ser campeão. Vamos lá para fazer o nosso, sem pensar no que aconteceu com eles”, afirmou o goleiro Denis, que seguirá na meta, já que o veterano Rogério Ceni não se recuperou de uma lesão no ligamento tibiofibular do tornozelo direito. Já o atacante Alexandre Pato está fora em função do seu compromisso contratual com o Corinthians.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (3)

    1. Avatar
      Augusto César

      kkkkkk

    2. Avatar
      Leonardo Gabriel Gutstein

      Tenta? Kkkkkkkkkkkkk 6 tão loco

    3. Avatar
      Cesar Zapelli

      Lavantar a taça na Arena Corinthians em cima da perda dos bambis não tem preço.

    Comments are closed.