Carille - Corinthians

    Corinthians recebe o Independiente e tenta encaminhar vaga às oitavas

    O Corinthians tenta encaminhar sua classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América na noite desta quarta-feira, contra o Independiente-ARG, na Arena Corinthians. Atual líder do Grupo 7 do torneio, o Alvinegro precisará confirmar o importante triunfo obtido na casa do adversário, há duas semanas, no retorno à sua casa após quatro partidas atuando longe da capital paulista.

    Depois de ganhar dos argentinos, o Timão também triunfou sobre o Paraná, pelo Brasileiro, empatou com o Vitória, pela Copa do Brasil, e fechou sua série como forasteiro com a única derrota no período: o revés frente ao Galo, no último domingo, que custou à equipe a liderança do Campeonato Brasileiro.

    “Não tivemos uma grande atuação, sabemos disso. É claro que o cansaço pesa, mas não é desculpa”, comentou o volante Gabriel, que retomou a condição de titular absoluto da equipe com a lesão de Ralf. Depois de deslocar o ombro no 0 a 0 com o Vitória, o camisa 15 passou por uma cirurgia e só vai voltar à equipe depois da Copa do Mundo.

    Além dele, outros desfalques são o também volante Renê Júnior, que passou por uma cirurgia no joelho direito e é outro que fica parado até o Mundial, e o lateral direito Fagner. O defensor, que briga por uma vaga na Seleção Brasileira que disputará a Copa do Mundo, sofreu um estiramento grau 2 no final de semana e ficará parado por um mês.

    Mantuan deve herdar a vaga na defesa, enquanto Maycon fica sem competição no meio-campo. Uma outra possível mudança é a entrada de Mateus Vital na ponta esquerda, no lugar de Clayson, mantendo sua titularidade mesmo com o retorno de Jadson. A definição, no entanto, só sairá momentos antes do embate.

    Diferentemente do que se esperava, porém, o duelo não marcará o confronto entre os dois líderes da chave. Com duas derrotas acumuladas até o momento, os argentinos chegam a São Paulo para uma partida decisiva a respeito de classificação à próxima fase. Caso sejam derrotados pelo Timão, por exemplo, precisariam buscar uma vitória diante do Millonarios, em Bogotá, para seguir vivos na disputa.

    Dessa forma, o técnico Ariel Holan deve utilizar uma formação um pouco mais defensiva do que aquela apresentada no jogo da Argentina. Meza, possível convocado de Jorge Sampaoli para a Copa do Mundo, que retornava de contusão, ficará a cargo de armar as jogadas para o centroavante Silvio Romero, único atleta mais adiantado do time.

    Veja Também