Corinthians se reapresenta sem Sheik, que não deve ter jogo de despedida

    A reapresentação do elenco do Corinthians após a vitória por 1 a 0 sobre o Joinville, sábado, não teve Emerson Sheik. Nesta segunda-feira, o grupo treinou à tarde, no CT Joaquim Grava, sem o atacante. Ele está perto de acertar sua rescisão contratual com o Timão e assinar com o Flamengo – no fim de maio, o presidenteRoberto de Andrade anunciou que não renovaria o vínculo do jogador, válido até 31 de julho.

    Emerson está no Rio de Janeiro desde o fim da semana passada e também foi liberado nesta segunda-feira – para resolver questões pessoais, de acordo com o Corinthians. Ele aguarda o aval do empresário Reinaldo Pitta para se despedir de São Paulo e ficar de vez no Rio.

    Com a saída bem próxima, Sheik não deverá ter o jogo de despedida que tanto deseja. Apesar da vontade dele e do técnico Tite, a diretoria alvinegra manteve a postura de não prejudicar a sequência da carreira do jogador e evitar uma possível lesão. O Corinthians enfrenta o Internacional neste sábado, na arena.

    O adeus do atacante, porém, será bem mais tranquilo que o de Guerrero. O peruano rescindiu com o Timão, acertou com o Flamengo, mas sequer apareceu no CT Joaquim Grava para se despedir dos antigos colegas de trabalho.

    O Corinthians aguarda Sheik em São Paulo nos próximos dias. Ainda que não entre em campo, o atacante deve receber algum tipo de homenagem do clube. Não há, porém, definição sobre o assunto.

    Veja Também