Corinthians tenta se mostrar confiável contra o Flamengo de Guerrero

    As duas primeiras vitórias sob o comando de Cristóvão Borges – diante de Santa Cruz e América-MG, último e penúltimo colocados do Campeonato Brasileiro – e a ascensão à vice-liderança não tornaram o Corinthians plenamente confiável para os seus torcedores. O novo técnico sabe que ainda precisa de um triunfo convincente contra um adversário que esteja em alta. Como o Flamengo do peruano Paolo Guerrero, a partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo, em Itaquera.

    “Contra o América, a equipe foi precipitada para definir as jogadas. Esse não é o perfil do Corinthians e não será repetido no domingo”, confiou Cristóvão, ansioso para ter mais tempo para preparar o elenco que herdou de Tite. “A partir desse jogo contra o Flamengo, vamos ganhar uma folga na tabela. Já conseguimos uma posição boa. Vamos procurar manter isso até lá.”

    O técnico se referiu aos 22 pontos ganhos pelo Corinthians, campanha pior apenas do que a do líder e grande rival Palmeiras, que tem 25. A evolução foi ainda mais comemorada por ele porque se deu em um momento em que há diversos desfalques no elenco. Dois deles, o goleiro Walter o zagueiro Vilson, viviam a expectativa de retornar ao time titular diante do Flamengo.

    Livre de um estiramento muscular na coxa direita, Walter já treina normalmente no CT Joaquim Grava e faz sombra ao campeão mundial Cássio, que atravessa má fase técnica, mas ganhou um voto de confiança de Cristóvão. Já Vilson, reabilitado de entorse no tornozelo esquerdo, ainda não conseguiu barrar o novato Pedro Henrique, elogiado por Cristóvão, apesar da falha na recente derrota para o Atlético-MG.

    Do outro lado, os rubro-negros mostraram bastante respeito pela equipe alvinegra, prevendo um início de jogo muito forte por parte dos corintianos. “Vai ser um jogo complicado. O Corinthians sempre pressiona muito jogando em casa, e o Flamengo não pode permitir que eles tomem o controle do jogo. Vamos precisar lidar com a pressão, principalmente nos primeiros minutos”, disse o meia Ederson, autor do gol da vitória sobre o Internacional, na última quarta-feira.

    A equipe, porém, foi mantida sob mistério pelo técnico Zé Ricardo, que fechou à imprensa o treinamento de sexta-feira. Os desfalques certos são o lateral esquerdo Chiquinho e o atacante Emerson Sheik, ambos com lesões. Guerrero, no entanto, é presença certa no reencontro com o time que o projetou para o futebol brasileiro. O goleiro Paulo Victor retornará, mas como reserva de Alex Muralha.

    Veja Também

    Comments (9)

    1. Avatar
      Lucilio Fortado

      Corinthians 2 e 0 flamengo

    2. Avatar
      Julio Cesar Balduino

      Rapaih du céu …

      Esse Roméssi 11 do Corinthians Jóga Muito …

    3. Avatar
      Heitor Hermano

      Como não conseguem dar passes???

    4. Avatar
      Johny Charles

      É nos então

    5. Avatar
      Celso Martins Santos Martins

      Vamos ganhar esse jogo rumo a liderança aqui é CORINTHIANS porra!!

    6. Avatar
      Tacio Cirino

      Temos q aguenta Rodriguinho jogando + uma vez com Marlone e maycom no banco é triste entender

    7. Avatar
      Priscilla Santos

      Que horas?

    8. Avatar
      Lucas Vilela

      Walter tem que voltar pro gol,obg vlw,de nada.

    9. Avatar
      Marcio Ferreira

      Kei e esse cara Aki e Corinthias mais nada… Pode vim

    Comments are closed.