Corinthians vê leilão por zagueiro que fechou com Palmeiras: “seja feliz”

    • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

      Emerson Santos irá defender o Palmeiras no próximo ano

      Emerson Santos irá defender o Palmeiras no próximo ano

    A assinatura de Palmeiras e Emerson Santos para a temporada 2018 não causa grandes abalos no Corinthians, que chegou a declarar que o zagueiro do Botafogo “estava próximo de fechar”. Na avaliação do diretor de futebol corintiano Flávio Adauto, não poderia haver leilão pelo defensor. 

    “O Corinthians não vai participar de leilões. Quando tivermos interesse e surgir outro interessado, não será por isso que faremos doidices. Não vamos correr atrás. Se tivermos interesse, anunciamos e, se os valores forem condizentes, a gente prossegue”, afirmou em contato com o UOL Esporte

    Segundo apurou a reportagem com pessoas próximas ao jogador, a pedida de Emerson Santos em luvas ao Corinthians foi de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões), valor inicialmente considerado totalmente inviável pela direção do clube pelo defensor de 22 anos. A contraproposta, acreditava a direção corintiana, seria aceita. Não há informações sobre quanto o Palmeiras pagará pelo reforço. 

    “Se os valores fogem do que a gente pensava, a gente para. No caso do Emerson, não teve contraproposta e nem nada. Que ele seja feliz no Palmeiras, que vá lá construir o futuro dele e jogue se tiver lugar. Seguimos a vida tranquilinha. Aqui, ele agora não iria jogar porque tem lá jogadores que tomam conta, como o Pedro Henrique, o Pablo e o Balbuena. O Léo Santos fez partida brilhante no sábado [contra o Palmeiras, pelo Paulista Sub-20]”, explicou ainda Adauto. Além deles, Vílson voltou aos treinamentos na semana passada. 

    Flávio também contou os motivos para ter afirmado que Emerson Santos estava próximo do Corinthians. “Eu disse que ele estava perto depois de uma reunião com o empresário, mas depois ele deve ter iniciado um leilão e ficou longe. Não fizemos contraproposta. Discutimos valores, dissemos ‘sim ou não’, então apareceu outro time interessado que eu não sei os valores e o que ofereceu, então que seja feliz”, concluiu Adauto. 

    No meio das tratativas, o Corinthians chegou a realizar conversas com o Botafogo para tentar obter a liberação de Emerson Santos antes do fim de contrato, o que não foi possível. Dirigentes botafoguenses requisitaram a cessão de Fellipe Bastos, o que foi negado por Fábio Carille. Em meio a esse impasse, a direção corintiana comunicou o clube carioca sobre a saída do negócio. 

    Veja Também