Corintiano, Elias se dizia santista na base do Palmeiras para se proteger

    • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

      Elias defendeu o Corinthians em duas passagens: entre 2008 e 2010, e entre 2014 e 2016

      Elias defendeu o Corinthians em duas passagens: entre 2008 e 2010, e entre 2014 e 2016

    Elias projetou sua carreira à nível nacional quando defendeu o Corinthians pela primeira vez, mas muitas pessoas talvez não se lembrem que o jogador atuou na base do Palmeiras por oito anos. Mais do que isso: na época, evitava falar sobre o Timão e se dizia torcedor do Santos.

    “Quando eu estava no Palmeiras, eu falava para todo mundo que era santista”, revelou o meia do Atlético-MG. “Se eu dissesse que era corintiano, estaria fora do clube”, acrescentou o jogador, que foi campeão brasileiro pelo Corinthians.

    As declarações foram feitas em participação no programa Aqui com Benja, do Fox Sports, que será exibido na noite deste sábado (14). “Quando o Corinthians caiu em 2007, eu estava no Juventus e falei para meus amigos que iria subir junto com o Corinthians. Eles deram risada”, contou.

    “Quando eu estava na Ponte, em 2008, e o Corinthians me procurou, eu não pensei duas vezes. Era o sonho da família. Eu me tremi todo quando fiz a minha primeira partida”, admitiu Elias. O meia chegou a recusar o Internacional.

    “O meu empresário queria me levar para o Inter e a proposta era muito boa. Mas, quando eu acertei com o Corinthians, paguei para ele e o dispensei. Deixei o meu pai cuidando dos meus negócios”, disse o atleta, antes de afirmar: “Quero encerrar a carreira no Corinthians.”

    Veja Também