Corintiano “se assusta” com assédio e demonstra bom humor

    A importante vitória do Corinthians diante da Chapecoense, por 1 a 0, não teve só protagonismo de Romero, que deu bom passe em profundidade, e Jô, autor do único gol da partida. Antes disso, aos 36 minutos do segundo tempo, o jovem Léo Santos salvou uma bola em cima da linha, em chute de Túlio de Melo, e evitou a abertura do placar na Arena Condá, em Chapecó (SC).

    Veja a programação do FOX Sports

    Na manhã desta quarta-feira (23 de agosto), no desembarque corintiano no Aeroporto de Guarulhos, o zagueiro foi bastante procurado. Ao lado do assessor do clube, ele comentou o feito heroico e o qualificou como um “verdadeiro gol“.

    “Ali foi um lance onde eu tive a percepção que o Cássio saiu para abafar e eu fui feliz na minha leitura em correr em direção ao gol para tirar a bola. Para nós, defensores, uma tirada em cima da linha é como se fosse um gol. Foi muito importante para mim”, disse.

    Ainda pouco acostumado com o assédio da imprensa, afinal este foi seu quarto jogo como profissional do Timão, Léo Santos se assustou com a concentração de jornalistas à espera de suas declarações, e fez uma pequena ‘confusão’ sobre a coletiva.

    “Pensei que a entrevista fosse no CT, eu não sabia que era no aeroporto (risos). Mas é tranquilo, estou me acostumando com isso. Foi no susto, mas tem que estar sempre preparado para qualquer ocasião”, brincou o camisa 14 do Corinthians, que soube reagir bem à eventualidade.

    Saiba mais:

    Diego Costa elogia torcida do Flamengo

    PSG pode liberar três por Mbappé

    “Copa do Brasil é a cara do Cruzeiro”

    Veja Também