Coritiba divulga nota de repúdio sobre briga entre torcidas organizadas

    Depois da briga entre torcidas organizadas nos arredores do Estádio Couto Pereira, o Coritiba divulgou uma nota oficial para lamentar o ocorrido. O clube também prometeu colaborar com as investigações para punir os envolvidos.

    A briga aconteceu antes do jogo entre Coritiba e Corinthians, quando corintianos se encontraram com torcedores do time local na rua. Seis pessoas ficaram feridas.

    Até agora um agressor foi preso. Na nota oficial o Coritiba diz que colaborou com a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) para buscá-lo dentro do Couto Pereira.

    Veja a nota oficial do Coritiba:

    O Coritiba Foot Ball Club lamenta e repudia o ocorrido na manhã deste domingo (18), fora do estádio Couto Pereira, antes do jogo entre Coxa e Corinthians, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Os fatos dão conta que uma briga entre membros de torcidas organizadas resultou em vários torcedores feridos.

    Em nome da decência, o clube manifesta sua reprovação aos fatos ocorridos. Além disso, o Coritiba declara sua postura de absoluta colaboração para as investigações e demais esclarecimentos a fim de punir os envolvidos por tal conduta reprovável.

    O Coritiba está em contato constante com a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) buscando contribuir. Inclusive, com a colaboração do clube, um dos suspeitos de participar deste ato foi preso dentro do Couto Pereira, durante a partida.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians