Botafogo-SP x Corinthians

    Derrota para o Botafogo-SP já deixa Corinthians em estado de alerta

    A equipe do Corinthians foi a campo para enfrentar o Botafogo-SP na esperança de conseguir um bom resultado, além de apresentar um bom futebol.

    Porém, não vimos nada disso na noite de ontem em Ribeirão. O Corinthians perdeu por 2 a 1 e continuou demostrando os erros e dificuldades já conhecidos antes da parada para a Copa América. Esse resultado gera preocupação para o retorno do Brasileirão, contra o CSA.

    Time que não empolga

    É verdade que o Timão entrou em campo com 7 desfalques e improvisando o zagueiro Bruno Mendez na lateral direita. Régis ficou encarregado pela armação das jogadas do time alvinegro.

    Foi possível notar claramente a falta de ritmo e entrosamento entre os jogadores. Muitos erros de passes e os mesmos defeitos que o Corinthians cometia no primeiro semestre, parecem não terem sido resolvidos durante a parada para a Copa América.

    O Corinthians só conseguiu levar perigo ao gol do Botafogo-SP com um chute do Mateus Vital e uma cabeçada de Manoel.

    Já o Botafogo-SP que é segundo colocado na Série B do Campeonato Brasileiro, dominou a posse de bola, porém, não levou muito perigo ao gol do Walter ao longo da partida.

    Bola aérea ainda é um problema

    Carille decidiu colocar o Gustagol, além de outras modificações para a segunda etapa, porém, as mudanças não surtiram o efeito esperado e o Corinthians acabou sofrendo o primeiro gol aos dez minutos em uma jogada aérea, contando com a finalização de Naylhor, que subiu sozinho para marcar.

    No ataque, funcionou

    Imediatamente após o gol sofrido, o Timão tentou mudar de postura e começar a ser mais ofensivo, porém, os erros continuavam impedindo o gol.

    Com Gustagol e Boselli na área, o Corinthians encontrou na jogada área uma maneira de chegar ao empate no segundo tempo.

    Após a bola sobrar dentro da área, Gustagol acreditou na jogada e conseguiu fazer o cruzamento para o Boselli mandar de cabeça para o fundo do gol.

    Apesar de não ter marcado muitos gols com a camisa do Corinthians, Boselli marcou o seu segundo gol em Ribeirão, contando com o gol marcado no Campeonato Paulista.

    Castigo e fim do tabu

    Após o gol de empate, o confronto ficou ainda mais travado e difícil. As duas equipes buscavam na jogada área, uma maneira de passar a frente do placar.

    O lateral-esquerdo, Carlos Augusto, criou as principais chances de ataque do Corinthians no segundo tempo, apoiando pelo lado esquerdo do ataque e tentando cruzamentos.

    O resultado da partida já parecia determinado, até que aos 47 minutos do segundo tempo, Vinícius cobrou uma falta para a área e contou com desvio de Leonan e com a sobra para o Erick, que deu um toque de calcanhar para colocar o Botafogo-SP novamente a frente do placar.

    Com esse resultado, a equipe do Botafogo-SP quebrou um tabu que já durava 28 anos sem vitórias em cima do Corinthians.

    Ficou muito claro que o Carille tem muito trabalho para fazer e que o Corinthians terá que evoluir muito se quiser colecionar bons resultados nesse segundo semestre.

    O Corinthians jogou o amistoso com a seguinte formação:

    • Walter (Caíque França)
    • Bruno Mendez (Belezi)
    • Manoel (Marllon)
    • Henrique (João Victor)
    • Danilo Avelar (Carlos Augusto)
    • Ralf (Gabriel)
    • Júnior Urso (Matheus Jesus)
    • Pedrinho (Janderson, depois Matheus Jesus)
    • Mateus Vital (Gustagol)
    • Régis (Sornoza)
    • Vagner Love (Boselli)

    Veja Também

    DestaqueNotícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians
    Corinthians Sub 20