Desde Guerrero, 9 do Corinthians ‘fez’ apenas dez gols e agora não tem dono

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      A numeração 9 era de Clayton, devolvido nesta semana ao Atlético-MG

      A numeração 9 era de Clayton, devolvido nesta semana ao Atlético-MG

    Apesar de ser adepto da numeração fixa, o Corinthians tem as tradicionais camisas de 1 a 11 usadas por alguns jogadores que são referência em 2017, como Jadson (dono da 10), Romero (atual camisa 11), Jô (veste a 7) e Balbuena (carrega o 4 às costas). Entre os números considerados comuns, entretanto, o atual elenco alvinegro não tem nenhum camisa 9 entre os 33 jogadores à disposição do técnico Fábio Carille. A numeração era de Clayton, devolvido nesta semana ao Atlético-MG após somente cinco meses no Parque São Jorge.

    O insucesso de Clayton com a camisa do Corinthians tem diversas razões, e uma que não pode ser ignorada é a “zica” do número 9 do Timão desde a saída de Paolo Guerrero, em maio de 2015. Após o peruano autor dos gols do título mundial de 2012 se despedir do clube de forma turbulenta, a camisa 9 entrou em campo 63 vezes em mais de dois anos e “marcou” apenas dez gols. Clayton foi o exemplo mais recente.

    Após a saída de Guerrero em maio, a 9 ficou sem dono até junho de 2015, quando Vagner Love a assumiu. O atacante, que até então havia vestido os números 29 e 31, não deslanchou com a nova numeração e marcou apenas dois gols em oito jogos, contra Figueirense e Ponte Preta. Em agosto, por conta de uma ação publicitária, ele virou camisa 99, mas começou a fazer gols e mostrar serviço e decidiu não voltar mais a vestir o número de Guerrero.

    Na sequência, Lincom (de setembro a dezembro de 2015), André (de janeiro a agosto de 2016), Gustavo (de agosto a dezembro de 2016) e Clayton (de março a agosto de 2017) usaram a numeração. Nenhum deixou grandes recordações… Lincom jogou três vezes e não fez gols, André esteve em 29 jogos e marcou seis vezes, Gustavo atuou em nove oportunidades e não balançou as redes e Clayton fechou a conta com dois gols em 14 exibições.

    Desde Guerrero, a camisa 9 do Corinthians “tem” somente dez gols marcados em 63 partidas. Quem será o próximo a desafiar a “zica” do número?

    Veja Também