Corinthians x Palmeiras

    Desde último Dérbi, Corinthians e Palmeiras mudaram em quase tudo

    Palmeiras e Corinthians voltam a se enfrentar após quase quatro meses. O Dérbi será realizado neste domingo, às 16h, no Allianz Parque, pela 24ª rodada do Brasileirão.

    Desde o último Dérbi, no dia 13 de maio, pela quinta rodada, os dois clubes sofreram diversas mudanças, da comissão técnica ao elenco. O Palmeiras chega embalado sob o comando de Felipão, com oito partidas de invencibilidade no campeonato (seis vitórias e dois empates). Já o Corinthians terá a estreia do técnico Jair Ventura e vive um momento delicado, com apenas uma vitória nos últimos sete jogos pelo Brasileirão, além da queda da Libertadores.

    Havia a expectativa, inclusive, de Verdão e Timão se enfrentarem nas quartas de final da Libertadores, o que acarretaria em uma sequência de clássicos em setembro. Agora, porém, há a possibilidade de ter Dérbi na final da Copa do Brasil.

    VEJA ABAIXO AS MUDANÇAS:

    COMISSÃO TÉCNICA:

    PALMEIRAS: vinha em uma campanha irregular no Brasileirão com Roger Machado, que acabou sendo demitido. Felipão foi contratado, e o Verdão se fortaleceu, ficou mais confiável, e é o único que briga para conquistar três taças (Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil).

    CORINTHIANS: sofreu duas mudanças na comissão desde o último Dérbi. No fim de maio, Fábio Carille aceitou proposta do Al Wehda (SAU) e foi substituído por Osmar Loss, que era auxiliar. Além de Carille, deixaram o clube o auxiliar Leandro da Silva, o preparador físico Walmir Cruz, o preparador de goleiros Mauri Lima, o observador técnico Mauro da Silva e o coordenador do Cifut (Centro de Inteligência do futebol) Denis Luup. Na última quarta-feira, Loss foi “rebaixado” a auxiliar, e o Timão contratou Jair Ventura, que fará sua estreia neste domingo.

    ELENCO:

    PALMEIRAS: Keno foi o principal desafogo do Palmeiras naquele Dérbi do primeiro turno. Ele foi vendido depois ao Pyramids FC, do Egito. Tchê Tchê, que entrou no segundo tempo, também já se despediu e está no Dínamo de Kiev (UCR).

    CORINTHIANS: sofreu com uma debandada. Maycin, Sidcley, Balbuena, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel, Júnior Dutra, Léo Príncipe, Kazim e Juninho Capixaba deixaram o clube neste período. Por outro lado, foram contratados Danilo Avelar, Jonathas, Douglas, Araos, Sergio Díaz, Thiaguinho e Bruno Xavier (já saiu).

    TIME:

    PALMEIRAS: Jailson ainda era o titular da meta, mas perdeu a posição depois da pausa da Copa do Mundo para Weverton. E o ex-titular não deve jogar nem se Weverton for poupado – Fernando Prass já jogou contra o Atlético-PR, na quinta, e dá impressão de estar na frente. Da escalação usada na Arena Corinthians, é possível que o Verdão mantenha apenas dois nomes: Marcos Rocha e Lucas Lima. Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Bruno Henrique, Dudu e Borja são preparados para a semifinal da Copa do Brasil, quarta-feira.

    CORINTHIANS: além dos jogadores, uma mudança importante foi no sistema tático da equipe. Durante boa parte do primeiro semestre, o Timão atuou no 4-2-4, sem centroavante de referência. Nos últimos jogos, o 4-2-3-1 tem sido utilizado e será repetido por Jair Ventura no Dérbi deste domingo, com Roger no comando de ataque.

    O QUE NÃO MUDOU:

    Segue a briga na Justiça por conta da final do Paulista. O Palmeiras levou o caso ao STJD, que está avaliando se houve, ou não, interferência externa na decisão vencida pelo Corinthians. Apesar da briga nos tribunais, a relação entre as diretorias é respeitosa, tanto que Andrés Sanchez foi à festa de aniversário do Palmeiras – ele saiu mais cedo após ser provocado por um torcedor durante o jantar.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Roger - Corinthians