Desempenho confirma ‘profecia’ de Renato Gaúcho, mas Corinthians tem 84% de chances de ser campeão

    Os tropeços recentes do Corinthians podem ter gerado questionamentos por parte da torcida e imprensa, entretanto, se depender das chances matemáticas, a equipe comandada pelo técnico Fabio Carille só perderá o título brasileiro caso aconteça uma verdadeira tragédia. Com dez pontos à frente do vice-líder, o Santos, o Timão segue com uma boa “gordura” restando 13 rodadas para o fim do campeonato.

    Segundo dados do site infobola.com.br, do matemático Tristão Garcia, o Corinthians possui nada mais, nada menos que 84% de chances de se sagrar heptacampeão nacional. Somando 54 pontos, a equipe alvinegra venceu apenas um dos últimos quatro jogados do Campeonato Brasileiro, porém, ainda assim, segue ostentando larga vantagem para o Santos, segundo colocado com 44 pontos.

    Final da Copa do Brasil e Liga Europa no FOX Sports

    O Peixe, por sua vez, está em ascensão. Depois de passar várias rodadas na terceira colocação, atrás do Grêmio, o time comandado por Levir Culpi, enfim, ultrapassou o Tricolor gaúcho neste fim de semana, depois de mais um tropeço dos rivais, que desta vez perderam para o Bahia. Mesmo assim, a probabilidade de o título do Brasileirão ir parar na Baixada Santista segue baixa, sendo de apenas 3%.

    Outra equipe paulista que vem se fortalecendo na briga pelas primeiras posições é o Palmeiras. Apesar de continuar como quarto colocado da tabela, o Verdão acabou com a vantagem gremista e agora soma o mesmo número de pontos dos gaúchos, 43, ficando atrás apenas pelo saldo de gols. E justamente por conta dos bons resultados recentes é que os atuais campeões brasileiros têm mais chances de voltar a erguer a taça do que o Santos. A probabilidade de conquista alviverde é de 6%.

    O Grêmio, que chegou a ter apenas sete pontos de diferença para o Corinthians, parece estar cada vez mais inclinado a jogar a toalha no Brasileirão e focar totalmente na Libertadores. Vivo na disputa continental, o Tricolor gaúcho seguirá colocando em campo na competição por pontos corridos uma equipe alternativa, que não vem conquistando bons resultados. Além disso, a venda de Pedro Rocha para o Spartak Moscou e a lesão de Luan também acabaram contribuindo para que a equipe de Renato Gaúcho, hoje, conte com somente 4% de chances de ser campeã brasileira.

    Cruzeiro e Botafogo, que compõem o G6, e Flamengo, que aparece na sétima colocação, têm a mesma probabilidade de surpreenderem a todos e terminarem a temporada na primeira colocação do Campeonato Brasileiro: 1%.

    Saiba mais:

    Desejo de Fla e Palmeiras custou fortuna

    Jornal: Elenco do PSG ficou contra Neymar

    Tevez é detonado por clube chinês

    Veja Também