Desfalcado e ‘de ressaca’, Corinthians tenta manter 100% em mata-matas

    Campeão paulista no último domingo, o Corinthians teve pouquíssimo tempo para comemorar antes do duelo importantíssimo desta quarta-feira, contra a Chapecoense, na Arena. O Timão precisará reverter a derrota no jogo de ida, por 1 a 0, para tentar se classificar às oitavas de final da Copa do Brasil.

    O técnico Fábio Carille teve dois dias de treino e vai escalar um time bastante mexido na partida marcada às 21h30.

    Por enquanto, o Corinthians se classificou em todos os jogos eliminatórios disputados no ano. Desta forma, não só levantou o caneco estadual, mas também passou de fase na Copa Sul-Americana. Desfalcado, terá agora mais um importante desafio. 

    Além do volante Júnior Urso, com problema no músculo adutor da parte interna da coxa direita, na virilha, o treinador também não terá o zagueiro Henrique, com um trauma na coxa direita, o lateral-esquerdo Danilo Avelar, que faz fortalecimento no joelho esquerdo e Gustagol, com um edema na coxa direita. Nenhum deles foi relacionado para o jogo. 

    À Corinthians TV, Carille disse ter em mãos um elenco bastante equilibrado, com bons jogadores e praticamente todos no mesmo nível físico. Pois é justamente tal nivelamento que colocará à prova nesta quarta-feira. 

    A tendência é que a formação seja de: Cássio; Fagner, Manoel, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Ralf; Ramiro, Jadson (Sornoza), Pedrinho (Vagner Love) e Clayson; Mauro Boselli. 

    Veja Também