Dez números mostram por que o Corinthians virou outro time no 2º turno

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      Guilherme Arana tem nítida queda de rendimento no segundo turno do Brasileirão

      Guilherme Arana tem nítida queda de rendimento no segundo turno do Brasileirão

    As subidas constantes de Arana ao ataque, os passes certeiros de Rodriguinho, as finalizações de Jadson e a participação de Romero. Todos esses fatos ficaram para trás assim que o primeiro turno do Campeonato Brasileiro chegou ao fim. Com eles, números coletivos que fizeram o Corinthians virar sensação no início da competição.

    Hoje, com a queda de rendimento individual de alguns jogadores, o Corinthians derrapa e abre a possibilidade de uma aproximação dos adversários. Neste cenário, o UOL Esporte traz à tona dez números que mostram como o líder virou outro time returno da competição.

    Nos últimos jogos, por exemplo, o aproveitamento de pontos do líder do Brasileirão desabou pela metade. Os 82% caíram para 41% – o Corinthians quebrou um recorde ao somar 47 pontos no primeiro turno e conquistou apenas 11 nos últimos nove jogos.

    Na mesma esteira, jogadores importantes do esquema do técnico Fábio Carille apresentaram um desempenho bem aquém do registrado na primeira metade do campeonato. 

    O nítido declínio individual corintiano é observado, por exemplo, na baixa participação de um dos maiores destaques da equipe no turno inicial. Depois da virada na competição, Guilherme Arana passou a ser um coadjuvante, com queda no número de cruzamentos – de acordo com o Footstats, a média caiu de 3,6 para 2,7 bolas alçadas na área.

    O lateral esquerdo, apontado como um dos melhores da competição, também deixou de ser importante nas finalizações da equipe. Autor de gols contra Palmeiras e Sport no primeiro turno, Arana está há quatro jogos sem nenhum chute à meta.

    Queda também afeta os jogadores de ataque

    Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

    Queda individual afeta o Corinthians

    Peças importantes para o meio-campo do time, Jadson e Rodriguinho também não vivem seus melhores dias na temporada. Ambos, por exemplo, erram mais passes que o normal. Rodriguinho bateu o recorde de toques equivocados na derrota por 2 a 0 para o Bahia – foram 13 no total.

    Já o camisa 10 teve dez erros de passe no revés em casa para o Atlético-GO. Jadson ainda apresenta pouca efetividade nas finalizações, com apenas uma conclusão certa nos jogos do segundo turno.

    No ataque, Romero atravessa um momento sem grandes apresentações. Há queda nas conclusões, com somente três corretas no returno do Brasileirão. O número de passes também ficou abaixo do normal contra Bahia (0 x 2), São Paulo (1 x 1) e Santos (0 x 2).

    Corinthians sofre para vencer

    Com a queda vertiginosa, o Corinthians encontra mais dificuldades para alcançar as vitórias. Sem a participação efetiva de suas principais peças, defesa e ataque entraram em colapso.

    A falta de gols do Corinthians também fica evidente na comparação entre os dois turnos. No primeiro, o time de Carille balançou as redes em 32 oportunidades (média de 1,68 por duelo). Nos últimos nove jogos, foram sete gols marcados (média de 0,78).

    Com a escassez de gols, somente dois jogadores foram às redes no returno: Jô e Clayson. O centroavante balançou as redes contra Chapecoense e Coritiba. Diante do Vasco, marcou de forma irregular depois de um toque de braço na bola. Clayson, por sua vez, fez quatro: no clássico com o São Paulo, contra o Cruzeiro (de pênalti), além de duas vezes diante do Coritiba.

    Na defesa, o número de gols sofridos dobrou em relação ao primeiro turno. Nos primeiros 19 jogos, o Corinthians foi vazado nove vezes, com média de 0,47 por confronto. Nos nove jogos do returno, são nove gols levados.

    Depois da derrota para o Bahia em Salvador no último domingo, o Corinthians tem um grande desafio pela frente. Com 58 pontos, o time de Carille recebe o Grêmio em Itaquera em duelo válido pela 29ª rodada. Os gaúchos ocupam a segunda posição na tabela, com 49 pontos.

    Veja Também